notícia

De olho nos caras

Rodrigo Pimpão concentra foco no Vasco para engrenar no Campeonato Estadual
Atualizado em 16-03-2017, 15:48

A estreia do Botafogo na fase de grupos da Libertadores foi satisfatória, com vitória por 2 a 1 sobre o Estudiantes. Agora o foco está no Estadual e o adversário da vez é o Vasco da Gama, tradicional rival. Jogo importante para o Botafogo engrenar uma sequência de vitórias na competição. Um dos destaques do time na temporada, o atacante Rodrigo Pimpão falou da expectativa para a partida.

- Temos que buscar essa conquista e vamos batalhar para que isso ocorra. Temos um classíco agora, uma oportunidade para vencermos e encostarmos lá na frente. Temos que pensar no Botafogo e não no adversário. É pensar no nosso melhor dentro de campo para conseguirmos um bom resultado - disse.

A partida terá como palco o Estádio Nilton Santos, casa do Botafogo. Mais um ponto a favor do Alvinegro, conhecedor do gramado. Pimpão ressaltou a "vantagem" e o reencontro contra o ex-clube.

- Clássico é clássico. Clima diferente, ainda mais por enfrentar um clube por onde já passei. Já joguei contra o Vasco umas três vezes, marquei gol e espero ir bem novamente contra eles. É um jogo "fora em casa". Esperamos fazer um grande jogo. Não teremos a desculpa do campo, conhecemos bem. Tudo para fazermos uma grande partida - frisou.

Confira os demais trechos da entrevista coletiva de Rodrigo Pimpão:

PIMPÃO DECISIVO

- Não digo que sou decisivo. Me dedico muito nos treinamentos. Faço trabalhos dentro e fora de campo para ter um bom desempenho. Os frutos desses trabalhos estão dentro de campo. Digo que a minha equipe é decisiva, que todos se doam ao máximo. Todo mundo está querendo.

TRABALHO BEM FEITO

- Importante ressaltar que, quando cheguei, não fiz pré-temporada. Tive pouco tempo de preparação, mas nesses anos todos os profissionais já sabiam dos meus testes e como eu poderia atingir os objetivos aos poucos. Ainda não tive nenhuma lesão nesse ano e fico feliz por isso. Mostra que a fisiologia está trabalhando forte. Quero parabenizar todos os profissionais do clube e hoje colho os frutos do trabalho deles também.

FUNÇÃO TÁTICA

- A parte tática é a mesma, jogando aberto e ajudando a marcar. Tenho aprimorado isso faz algum tempo. Lá fora jogam muito com esse cara aberto. Hoje os treinadores podem contar comigo pelo lado esquerdo, direito, ou centro-avante, como já fui aqui no Botafogo.

PÉS NO CHÃO

- Isso varia muito de cada jogador. Ter foco, cabeça. Conversamos que isso não pode acontecer. Não conquistamos nada ainda. Estamos no caminho certo e temos que manter essa união no grupo. Nunca vi um grupo como esse nosso e temos que ter cuidado para que nenhuma mosquinha possa infiltrar aqui.

FORÇA DAS ARQUIBANCADAS

- É muito importante. Vimos o clima nessa última partida, nos ajudaram até o fim da partida. Essa torcida nos empurra e temos conseguido fazer grandes jogos com o apoio deles também.  

Marcos Silva