notícia

Botafogo 1 x 0 Volta Redonda

Fogão vence no Estádio Nilton Santos na estreia na Taça Rio
Atualizado em 09-03-2017, 22h27

 

 


O Botafogo estreou com o pé direito na Taça Rio! Com gol de Victor Luis no início do segundo tempo, o Fogão venceu o Volta Redonda por 1 a 0, nesta quinta-feira, no Estádio Nilton Santos, e chegou a 3 pontos.

Agora, foco total no jogão de terça-feira: Botafogo x Estudiantes, pela Conmebol Libertadores Bridgestone! A torcida já está convocada.

O JOGO

Após um período sem jogar, o Botafogo voltou a campo diante de sua torcida, que compareceu em bom número: mais de 11 mil, incluindo muitas torcedoras (o clube fez promoção em que as botafoguenses não pagaram ingresso, em homenagem ao Dia Internacional da Mulher).

No Estádio Nilton Santos, o time fez um primeiro tempo equilibrado, teve chances e poderia ter saído em vantagem. Logo no primeiro minuto, Roger mandou por cima. Aos 11, Montillo recebeu do centroavante, driblou o goleiro e bateu, mas a zaga cortou sobre a linha.

O Volta Redonda teve três oportunidades, também boas. Na primeira delas, Octávio chegou na cara do gol e finalizou, Gatito salvou. O goleiro voltou a aparecer em chute de Marcelo, que em outro lance cobrou falra no travessão.

Já o Botafogo levou perigo em um chute de Camilo, rente à trave, aos 26, e em uma bomba de Roger defendida por Douglas Borges.

Na etapa final, o Fogão não demorou a abrir o placar. Victor Luis cobrou falta de longe na direção do gol, Carli passou perto da bola, que entrou. Apesar da dúvida inicial, gol de Victor Luis! Botafogo 1 x 0 Volta Redonda.

Quem esteve perto de marcar foi Roger, porém parou primeiro no goleiro, depois na zaga. Em outra oportunidade, Rodrigo Pimpão finalizou com muito perigo.

O Botafogo controlou o jogo, administrou e garantiu a vitória. Que venha o Estudiantes!

GALERIA DE FOTOS (Satiro Sodré e Vitor Silva / SS Press / Botafogo)

 

BOTAFOGO: Gatito Fernández, Jonas (Leandrinho) (Marcelo), Carli, Emerson Silva e Victor Luis; Matheus Fernandes (João Paulo), Bruno Silva, Camilo e Montillo; Rodrigo Pimpão e Roger. Técnico: Jair Ventura.

Danilo Santos