notícia

Começo Positivo

Sub-20 do Fogão vence Nova Iguaçu por 1 a 0 e estreia com o pé direito no Carioca
Atualizado em 28-01-2017, 22:14

O atual campeão carioca Sub-20 estreou bem na edição do estadual de 2017. Sob um forte calor no CEFAT, em Várzea das Moças, o Glorioso derrotou, na tarde deste sábado, o Nova Iguaçu por 1 a 0 e conquistou seus primeiros três pontos na competição. Alison foi quem marcou o gol da vitória alvinegra.

Pela segunda rodada, a equipe que vem sendo comandada pelo auxiliar Felipe Lucena, enquanto o treinador Eduardo Barroca está na Seleção Sub-20, enfrentará o Madureira, na quarta-feira (01/02), às 10h, em Conselheiro Galvão.

O JOGO

De baixo de um sol insuportável, os jovens de Botafogo e Nova Iguaçu entraram em campo destinados a lutar pelos primeiros três pontos do longo campeonato carioca da categoria.

O primeiro tempo começou com o Botafogo mostrando perigo logo de cara. Antes do primeiro minuto de partida, Alison invadiu a área pela esquerda e finalizou cruzado, balançando a rede rival pelo lado de fora.

Equilibrado, o duelo seguiu bastante disputado, com ambas as equipes batalhando pela bola no meio de campo, com isso poucas chances claras de gol se apresentaram.

No fim da etapa inicial, o Alvinegro conseguiu aumentar o ritmo e teve boas oportunidades, em uma delas Alison aproveitou para inaugurar o placar. Aos 45, no último lance do primeiro tempo, o meia aproveitou cruzamento rasteiro na área e só empurrou para as redes. FOGÃO 1 x 0 Nova Iguaçu.

Após o intervalo, nada mudou. O calor permaneceu o mesmo e o jogo continuou truncado. A equipe da baixada obrigou o goleiro alvinegro Victor Hugo a fazer uma grande intervenção aos 9 minutos, salvando a meta do Glorioso. Já aos 18, foi a vez do Botafogo chegar. Igor Cássio, de cabeça, quase fez o segundo para os Garotos de General.

Em vantagem no marcador, coube a equipe alvinegra manter o controle da partida. Com muita tranquilidade e responsabilidade, o Botafogo trabalhou a bola até o apito final, sem sofrer muitos sustos.

Fim de papo! Vitória sobre um adversário tradicionalmente forte na base, que dá ao atual campeão uma moral levada para a sequência do torneio.

Botafogo: Victor Hugo; Fernando, Kanu, Marco e Victor Lindenberg; Wenderson, Rickson (Henrique) e Jordan; Alison (Mateus Jorge), Lucas Campos (Jean) e Igor Cássio.

Fabio de Paula