notícia

Identidade alvinegra

Unida pelo Botafogo, família Arruda vive o clube dentro e fora de campo
Atualizado em 07-04-2014, 06:20

Inaugurada no Site Oficial do Botafogo em 2013, a série "Identidade Alvinegra" contou cinco histórias marcantes da nossa categoria de base. Em 2014, o garimpo por boas histórias continua e apresentará a família Arruda: unida no sangue, no campo e na vida com o Glorioso. Arruda, volante do Sub-20, Nora, sua mãe e funcionária do clube e De lima, fotógrafo e pai coruja, são os personagens de uma família que vive o Botafogo por completo e sonha ter no jovem volante a confirmação de um sonho alvinegro.

A relação da família Arruda com o Botafogo começou em 2006, ano que o pequenino botafoguense Gabriel Arruda, aos 10 anos, entrou no clube ainda na categoria pré-mirim. Morador da Praça Seca, Arruda deu seus primeiros toques na bola em Marechal Hermes e, em oito anos de clube, defendeu o Glorioso em diversos torneios de base. Foi campeão logo em 2008, no mirim, e marcou seu nome na história do Alvinegro com a conquista do Torneio Guilherme Embry Sub-17 de 2012, que encerrou um longo jejum para o clube na categoria.

"O mais importante que aprendi com a camisa do Botafogo foi respeitar o próximo dentro e fora do futebol. Tem que saber ganhar e perder. Já vi muitas pessoas entrando e saindo do clube e gostaria de agradecer a todos que passaram pela minha vida e me ensinaram o caminho da bola", disse Arruda.

Identidade Alvinegra - Gabriel Arruda
Arruda deu seus primeiros chutes no gramado de Marechal Hermes

Mas Arruda não é o único identificado com o clube e vê no exemplo materno a motivação para vencer. Em 2011, a família alvinegra encorpou com a chegada de Nora ao Botafogo. Sempre com um sorriso no rosto, a mãe de Arruda ganhou uma série de "filhos", já que ficou responsável pelo cuidado com os atletas do alojamento. Carinho especial que ajudou a superar problemas particulares e melhorar a situação da família.

"Nossa família sofreu uma perda importante e o Botafogo ajudou a combater minha tristeza. O clube me levantou em todos os aspectos, além de me dar a chance de poder ajudar meu filho e ficar mais perto dele", falou Nora em tom emocionado.

Nos jogos de Arruda pelo Glorioso a voz aguda na arquibancada do Caio Martins tem nome, sobrenome e responde por Nora Arruda. O tempo passou e a aproximação entre mãe e filho ficou ainda maior quando a funcionária passou a gandular os jogos da Base.

À vontade com a presença efetiva da mãe dentro do jogo, Arruda confessa que estranhou no começo, mas que fica feliz e honrado por contar com a ajuda materna em mais um momento da carreira.

Identidade Alvinegra - Gabriel Arruda
Nora tem presença confirmada nos jogos do Glorioso como gandula

"No começo achei que não daria certo, mas foi passando o tempo e eu gostei da ideia. Quem não gostaria de ter os pais tão próximos no trabalho? O Botafogo me proporciona isso e eu agradeço", falou o volante.

Por último, mas não menos importante, seu De Lima é pai de Arruda e também arrumou uma forma de unir o amor pelo Botafogo, o sonho do seu filho e a paixão pela fotografia. De Lima sempre foi fotógrafo, mas iniciou seu trabalho no futebol após registrar os momentos do filho com a camisa do Glorioso por onde ele atuou. O pai esteve presente em todas as categorias, o que não passa despercebido por Arruda.

"Meu pai é tudo na minha vida e sempre me apoiou na carreira. Ele não trabalhava com fotos no futebol, mas depois que comecei a jogar ele entrou de vez no ramo. A partir do infantil ele pegou firme nesse caminho e até consegue descolar um dinheiro extra", contou o jovem volante.

Recém-promovido ao Sub-20, Arruda ainda repetirá por um tempo o trio com seus pais em campo. Certo é que não faltará apoio e DNA alvinegro para que o jovem volante de 17 anos marque o nome da família Arruda na história do Botafogo de Futebol e Regatas.

Confira os momentos decisivos do volante Arruda desde sua chegada no Glorioso:

Pré-mirim

2007 - Vice-campeão da Copa Rio Bonito

Mirim
2008 - Campeão da Copa Light

Juvenil

2012 - Campeão da Copa Rio Bonito

Veja a galeria de fotos que conta a trajetória de Arruda no Botafogo!



Marcos Silva