notícia

Sem baixar a guarda

Dória garante motivação alta para conquistar vitória na Argentina
Atualizado em 04-04-2014, 19h33

Convocado para a Seleção Brasileira sub-20 no início do ciclo olímpico, Dória ainda não pensa na Amarelinha. O motivo é que o foco está todo no duelo com o San Lorenzo (ARG), quarta-feira, pois vale para o Botafogo a classificação nas oitavas de final da Libertadores. Apesar do revés diante da Unión Española, o zagueiro mantém a confiança em alta.

"Só dependemos de nós mesmos. Nossa motivação nunca baixou. Sabemos o que queremos esse ano e vamos em busca da vitória. Estamos preparados, vamos acertar nesses dias de treinamento e ir atrás da classificação, que é muito importante para nós", destaca.

Com uma vitória na Argentina, o Botafogo estará classificado. Se empatar, só não passa se o Independiente Del Valle vencer a Unión Española e tirar diferença de saldo no Chile. Por outro lado, o San Lorenzo também tem chances de avançar, o que torna o jogo mais perigoso.

"É uma final antecipada. Nossa maneira é sempre buscar o resultado, mas não é feio esperar a equipe deles atrás do meio-de-campo, jogar feio. Se for preciso, vamos fazer. Independentemente de jogar bem ou mal, temos que sair com a vitória e a classificação", pede Dória, que acredita em um Botafogo forte em Buenos Aires.

"Todo mundo se cobra, sabe que pode dar mais nas partidas. Há essa cobrança, a gente sabe o que pode fazer melhor. Mas se ganharmos todos os jogos sem convencer ninguém e formos campeão, para mim está bom, sinceramente. É do futebol. Mas a equipe quer melhorar para chegar nos momentos decisivos e não cometer erros", acrescenta.

Danilo Santos