notícia

Minha vez

Diego se vê preparado para ser titular no Botafogo e espera sequência de jogos
Atualizado em 10-09-2016, 10:00

Boa parte do elenco do Botafogo vem das categorias de base do clube. Desde o início do ano, os jovens têm dado conta do recado, seja assumindo o posto de titular na equipe, ou simplesmente integrando o plantel e sendo utilizados nas partidas. A manutenção feita na formação dos atletas começa a render frutos no futebol profissional. E um destes jogadores terá a oportunidade de provar que pode ajudar também entre os 11 preferidos do técnico Jair Ventura. Diego, que subiu dos juniores em 2015, deve ter sua maior sequência a partir de agora, uma vez que Luis Ricardo só retornará de lesão no próximo ano.

O jogador contou como foram os últimos dias, após a contusão de seu companheiro de posição. Segundo Diego, houve uma mistura de sentimentos, já que ao mesmo tempo em que esteve triste pelo afastamento do amigo, viu a oportunidade de dar seguimento em sua carreira, sendo aproveitado entre os titulares do Glorioso e crescendo como profissional.

- No momento da lesão do Luis, eu estava aquecendo. Vi de perto. Fiquei muito sentido por ele. Era um dos melhores jogadores do campeonato, líder em assistências do nosso time. Mas as oportunidades aparecem assim, quando a gente menos espera. Infelizmente foi em cima de um fatalidade, mas aconteceu. Agora é bola pra frente. Estou preparado - disse.  

A 'estreia' nessa nova fase foi contra o Fluminense, na última quarta-feira, na Arena Botafogo. Diego revelou que os demais jogadores lhe passaram confiança e tranquilidade para que pudesse desempenhar um bom papel em campo. Pé quente, já que o time venceu o clássico por 1 a 0, afirmou que momentos antes do jogo, relembrou seus primeiros passos entre os profissionais e se fortaleceu.

- Foi logo em um clássico, né? Mas futebol é assim mesmo. Nessas horas que o jogador precisa provar o seu valor. Quando entrei em campo encarei com naturalidade. Lembrei da minha estreia como titular, fora de casa, contra o Sampaio Corrêa. À época, considerado um jogo difícil. Então me apaguei a isso. Todo os jogadores me passaram confiança. Depois do jogo, falaram que fui bem. Agora é dar sequência - contou.

Por fim, Diego fez projeções para este restante de temporada. Sereno, fez um balanço das atuações do Alvinegro, lembrou do início ruim no Campeonato Brasileiro, mas destacou a regularidade atual. De acordo com o atleta, a equipe tem que trabalhar focada em cada partida, a começar pelo Cruzeiro, adversário do próximo domingo - encerrou.

- O começo foi um pouco difícil, perdemos pontos bobos. Mas no segundo turno estamos bem, mais ligados. Já nos distanciamos da zona de rebaixamento. É continuar pensando jogo a jogo para seguir subindo na tabela. Domingo já temos um jogo difícil, contra o Cruzeiro, pelo Brasileiro. Vamos entrar determinados a conseguir mais três pontos.

Com 20 anos, Diego está em sua segunda temporada na equipe principal do Botafogo. O jogador já atuou em 24 oportunidades. Na final do Campeonato Carioca deste ano, fez o cruzamento que deu origem ao gol alvinegro, marcado por Leandrinho.

Fernando Morani