notícia

Trabalhando e conquistando

Autor do gol da classificação do Sub-20, Bochecha exalta trabalho e acredita em mais
Atualizado em 27-07-2016, 12:20

Era difícil, alguns disseram até impossível, mas para a equipe Sub-20 do Botafogo essa palavra não exste. Movidos pelo objetivo de fazer história e chegar pela primeira vez entre as 4 melhores equipes Sub-20 do país, o Botafogo trabalhou duro, acreditou até o fim e conquistou a sonhada vaga para a semifinal do Brasileiro, ao derrotar o Corinthians por 2 a 1 em Caio Martins.

Com a vitória sobre o líder do grupo e o tropeço do rival Fluminense contra o Grêmio nas Laranjeiras, o Alvinegro pôde comemorar com muita felicidade, pois o time novamente superou todas as expectativas e calou os críticos. 

Autor do gol da vitória sobre o timão, o volante Bochecha falou sobre essa desconfiança de fora, mas afirmou que a força do grupo e a crença de que o time podia superar as adversidades os levaram para a conquista da vaga.

- Acho que muitos não acreditavam que a gente poderia conseguir essa classificação. Nós sabíamos que ia ser um jogo difícil, mas nossa equipe não deixou de acreditar em momento nenhum. Tínhamos a certeza de que era possível conseguir. Lutamos com todas a nossas forças até o fim e graças a Deus deu tudo certo. Todos estão de parabéns.- disse o camisa 5.

Contente, Bochecha demonstrou todo a sua alegria por ter marcado um gol tão importante para a equipe, mas o jovem não se deixar levar e já pensa nos desafios que virão pela frente.

- É um sentimento de muita felicidade, um momento muito importante na vida de todos os jogadores. Nós conseguimos levar o Botafogo a uma semifinal de Campeonato Brasileiro da categoria e isso é ótimo, mas agora temos que manter o foco, continuar trabalhando firme para que no final o sentimento seja ainda mais feliz. Podemos fazer mais. - confia.

Os desafios pela frente são grandes e já começam nesse sábado (30/07) diante o Flamengo no segundo jogo final da Taça Rio. Após sofrer um revés ao perder por 3 a 1 na primeira partida, o Glorioso precisará se inspirar para repetir o feito e sair da Arena Botafogo com o título carioca de forma direta. 

- Precisamos nos inspirar no que aconteceu no Brasileiro e aplicar o mesmo empenho na Taça Rio. Sabemos que vai ser um jogo difícil como foi o primeiro, mas temos totais condições de reverter o placar. Vamos entrar com a mesma postura que tivémos contra Corinthians e vamos batalhar até o apito final. Vamos honrar esse manto alvinegro. - concluiu.

A final da Taça Rio contra o Falemngo acontece nesse sábado, às 15h, na Arena Botafogo, com entrada grátis para a torcida. Para levantar o troféu da Taça Rio e do Carioca, o Glorioso precisa vencer por 3 gols de diferença ou por 2 gols e levar a melhor sobre o rival nos pênaltis.

Fabio de Paula