notícia

Aqui eu conheço

Camilo pede jogo duro do Botafogo para superar a Chapecoense na Arena Condá
Atualizado em 21-07-2016, 13:27

Botafogo e Chapecoense medirão forças no próximo domingo, às 16h, na Arena Condá, local muito familiar para o meia Camilo, que defendeu as cores da Chape por dois anos e marcou sua história no clube. Mas agora o camisa 10 retornará à Chapecó como adversário é já indicou o caminho para o Botafogo voltar para casa com o resultado positivo.

- Tenho gratidão pela Chapecoense e fui o primeiro jogador a marcar pelo clube numa competição Sul-Americana. Passei pouca coisa para o Ricardo. É um time que marca forte e conta com bons jogadores. Contam com uma base do ano passado e temos que ir preparados para buscar um bom resultado. Temos que brigar bastante. É um jogo de espaço e temos que brigar por isso dentro de campo. É fazer um jogo duro e aproveitar as oportunidades que tivermos - alertou o meia.

Feliz no Glorioso, Camilo vive um início muito positivo com a camisa alvinegra, além da notória crescente da equipe em campo após sua entrada. O meia ressaltou a rápida adaptação no Glorioso e espera acrescentar muito mais.

- Fico feliz. Minha adaptação está sendo boa e estou aproveitando essas semanas para ter uma evolução e cada vez mais estou próximo do ideal. Não imaginava esse início, até pelo tempo que fiquei na Arábia Saudita. Mas tenho que continuar com os pés no chão para ajudar o time. Dou crédito aos profissionais que me deixaram nessa condição de jogo. Estou muito focado para vestir essa camisa e eu não jogo sozinho. Espero que o time todo venha crescer para subirmos na tabela e termos uma tranquilidade maior para jogar - encerrou Camilo.

Marcos Silva