notícia

Encorpado

Lindoso valoriza jogo do Botafogo e credita evolução ao elenco recuperado de lesões
Atualizado em 19-07-2016, 18:01

O Botafogo melhorou em campo e isso não se pode negar. E a maior parte da evolução alvinegra se deve aos reforços e a recuperação de jogadores lesionados. A má fase passou e, com um time completo de opções, o Alvinegro já briga com por coisas maiores no Brasileirão. O Z-4 ficou para trás e o objetivo é crescer ainda mais. Rodrigo Lindoso valorizou o elenco e vê o Botafogo com boas chances. O próximo adversário é a Chapecoense, domingo, na Arena Condá.

- Era uma questão de sequência, o time teve um volume de lesões, isso atrapalha qualquer time, a gente vê em outros clubes, Tivemos dificuldade para deixar todos à disposição ao Ricardo e agora são poucos no departamento médico. O Ricardo pode fazer a equipe que quer, dar uma sequência, isso não aconteceu no passado. O time só tem a crescer agora e subir na tabela - frisou Lindoso.

O volante também comentou sobre os quatro jogos de invencibilidade do Glorioso, algo significativo em um campeonato que pontuar a cada rodada é primordial para se manter vivo.

- Foi bom sair do Z-4, mas ainda não está legal, ainda não está tranquilo. A equipe que a gente tem é para estar do meio da tabela para cima. O Ricardo falou hoje mesmo isso, essa não é a nossa posição. Estamos buscando, certeza que vamos estar brigando lá em cima. Essa invencibilidade é importante, independentemente de jogar fora de casa a gente joga para vencer. Com o Coritiba passamos perto, claro que às vezes se empatar três era bom ganhar duas e perder uma, pontua mais. É o detalhe de a bola entrar e sairmos na frente, ficamos alguns jogos correndo atrás do resultado. Contra o Santa Cruz saímos na frente e não levamos tanto sufoco - comentou.

Mais do que pontuar, o Botafogo joga de igual para igual com adversários da parte de cima da tabela, o que comprova a força do elenco. Lindoso reforçou a confiança em seus companheiros e diz que ninguém duvida da capacidade da equipe.

- A gente sabe do nosso potencial, nunca duvidou, foram alguns detalhes de uma bola entrar ou não. O jogo contra o Flamengo foi uma prova, botei uma bola na trave, se entra poderia mudar o jogo. Jamais vamos achar que nosso time é´inferior. Mostramos isso contra o Internacional, que estava disputando a liderança - disse.

O Botafogo volta a campo pelo Campeonato Brasileiro no domingo, às 16h, na Arena Condá em partida válida pela 16ª rodada do Brasileirão. Apesar da queda de produção, o adversário soma 19 pontos, apenas dois a mais que o Alvinegro. Um adversário direto para sumir na classificação.

- Esses fatores assim não procuro tirar proveito. Eles têm uma equipe forte lá dentro, a gente tem que cada dia procurar evoluir. É ter um pouquinho mais de capricho na frente e lá atrás organizar porque estamos tomando gols de bobeira. Se estivermos concentrados, acho que conseguimos vir com um bom resultado de lá - encerrou.

Confira a galeria de fotos do treino desta terça-feira nas imagens de Vítor Silva/SSPress/BFR!

 

Marcos Silva