notícia

Paredão paciente

Sidão reforça o quadro de arqueiros e fala em batalha diária por oportunidade
Atualizado em 31-05-2016, 13:51

Acostumado com o ídolo Jefferson no gol, o torcedor botafoguense vive um período de saudade do camisa 1 e capitão, que se recupera de uma operação no braço esquerdo e ficará de fora por três meses. A necessidade surgiu e o Botafogo contratou o goleiro Sidão, destaque do Audax vice-campeão paulista. O goleiro de 33 anos chega para disputar uma vaga no time com Helton Leite, atual camisa 1.

Apresentação Oficial - SidãoAntonio Lopes apresentou o goleiro Sidão, novo goleiro do Botafogo. (Foto: BFR)

- É um atleta que certamente vai ajudar muito ao Botafogo, principalmente nesse momento que estamos privados da utilização do Jefferson pela lesão que teve. O Sidão foi vice-campeão paulista pelo Audax e será muito útil ao Botafogo - apresentou o Gerente de Futebol Antonio Lopes.

Experiente, Sidão chega ao Botafogo consciente do valor incontestável de Jefferson. O goleiro espera aprender muito com a camisa 1 e garante trabalho constante por oportunidades no Alvinegro.

- Na primeira vez que vi o Jefferson entrando no vestiário vou confessar que tive vontade de tirar foto com ele. É um ídolo, jogador de seleção brasileira e espero trabalhar com ele para absorver as coisas boas que pode passar. Todos sabem o valor que o Jefferson tem, um cara de liderança. Se eu tivesse vindo ano passado talvez estivesse aqui somente para compor o elenco. Hoje tenho condições de brigar pela vaga. O Helton está bem nas partidas e estou aqui para mostrar minha qualidade - disse Sidão.

Um dos destaques do Audax, time sensação do campeonato paulista, Sidão sabe que encontrará uma realidade diferente no Botafogo, com uma concorrência maior no seu setor e competições ainda mais difíceis pela frente. Boa oportunidade para crescer no cenário nacional.

- A campanha do Audax mostra que o nosso trabalho lá foi bem feito e que valorizou cada atleta. Sete jogadores daquele time foram para algum time grande. No começo da temporada o objetivo sempre foi ser campeão paulista. Externamente ninguém dava valor, mas cultivamos isso. Me rendeu uma oportunidade aqui no Botafogo e estou num momento feliz da minha carreira. Todo mundo sabe o grau de dificuldade do campeonato brasileiro. A diferença é que todos tem chance de ser campeão. Muita gente diz que o grupo é fraco, mas cheguei aqui e vi que o grupo tem qualidade - ressaltou Sidão.

Sidão foi relacionado pela primeira vez no clássico contra o Fluminense. O jogador segue para Brasília com a equipe que enfrenta o Cruzeiro, quarta-feira, às 21h50.

Marcos Silva