notícia

Avançou!

Sassá marca, Botafogo empata com o Coruripe e se classifica na Copa do Brasil
Atualizado em 28-04-2016, 23h24

 

 

O Botafogo está classificado para a segunda fase da Copa do Brasil! Com time reserva, o Fogão empatou em 1 a 1 com o Coruripe nesta quinta-feira no Estádio Los Lários e, como venceu o primeiro jogo por 1 a 0, avançou na competição. O gol alvinegro foi de Sassá, coroando seu retorno aos gramados.

Agora, o Botafogo volta o foco para a final do Campeonato Carioca, que tem seu primeiro jogo domingo, contra o Vasco, no Maracanã. Na Copa do Brasil, o adversário será o Juazeirense-BA.

O JOGO

Em semana de preparação para o primeiro jogo da final do Campeonato Carioca, o Botafogo optou preservar jogadores desgastados. Assim, entrou com um time diferente, cheio de novidades. Na etapa inicial, pesou a falta de entrosamento, em um gramado pesado e ruim.

Melhor para o Coruripe, que entrou com a proposta de se defender e sair em velocidade para o ataque. O time alagoano chegou com perigo aos 7 minutos, em lançamento longo para Junior Chicão, na área, finalizar à queima-roupa e Helton Leite abafar. O goleiro alvinegro apareceu em mais um chute de longe, principal arma do adversário, que arriscou mais duas vezes, sem sucesso.

O Botafogo só foi ameaçar aos 25, quando Gervasio Nuñez recebeu pela esquerda, ajeitou e bateu firme, por cima. No minuto seguinte, entretanto, pênalti para o Coruripe, cometido por Jean. João Paulo converteu e botou 1 a 0 no placar.

E o Coruripe quase ampliou no fim do primeiro tempo. João Paulo acertou belo chute rasteiro, com efeito e direção, mas Helton Leite voou e tirou na ponta dos dedos. Grande defesa. Do outro lado, o Botafogo também teve grande oportunidade. Aos 46, Gervasio cruzou da esquerda, Lizio finalizou colocado, só que rente à trave.

Na etapa final, Ricardo Gomes colocou Sassá no lugar de Luis Henrique. De volta após grave lesão, o atacante apareceu ao tentar voleio na área, mas errar a finalização, que era difícil. Já aos 4, Lizio clareou a jogada e rolou para Dierson bater por cima.

Era Sassá a melhor opção do Botafogo. Aos 12, ele recebeu de Neilton e finalizou, mas o goleiro Ferreira abafou. Aos 18, após escanteio, cabeceou para fora, com muito perigo. Até que saiu o gol. Gervasio Nuñez tentou finalização na área, mas o defensor cortou com o braço. Pênalti convertido por Sassá, aos 21! Botafogo 1 x 1 Coruripe.

Novamente em vantagem, o Botafogo pôde controlar o jogo, enquanto o Coruripe esboçava pressão, arriscando chutes de longe. Helton Leite estava atento e seguro. No melhor lance alvinegro, Neilton driblou pela esquerda e cruzou para Sassá, mas o goleiro se antecipou e cortou.

Quando o jogo parecia tranquilo, Bruno Silva foi expulso pelo árbitro por reclamação, em lance estranho. O Coruripe tentava, parecia sem forças, mas ainda deu um grande susto aos 47, quando Roger recebeu na área, ajeitou o corpo e finalizou rente à trave. E foi só: fim de jogo, Botafogo classificado!

GALERIA DE FOTOS (Vitor Silva / SS Press / Botafogo)

 

BOTAFOGO: Helton Leite, Diego, Joel Carli, Rabello e Jean; Dierson (Rodrigo Lindoso), Fernandes, Lizio (Bruno Silva) e Gervasio Nuñez; Neilton e Luis Henrique (Sassá). Técnico: Ricardo Gomes.

Danilo Santos