notícia

Espírito de decisão

Luis Ricardo virou zagueiro na semi. Agora, vive expectativa de título e convoca torcida
Atualizado em 28-04-2016, 13h45

O início da carreira foi como atacante. No Botafogo, ele já havia jogado de lateral-direito, lateral-esquerdo, volante e meia, até que na semifinal do Carioca, contra o Fluminense, as circunstâncias do jogo o fizeram virar zagueiro pela primeira vez. E Luis Ricardo se saiu bem, ajudando a segurar a pressão do adversário nos minutos finais, após a expulsão de Carli.

O jogador comentou a nova experiência.

- Nessas horas vale todo o esforço e sacrifício. Conversávamos antes da substituição, Bruno (Silva) ia fazer a zaga e eu fechar o meio, mas acabou tendo mudança com a entrada do Diego. Estava terminando o jogo e tinha uma pressão do Fluminense, com bolas altas. Se o Ricardo Gomes optou por mim é porque tem confiança. Fico feliz por isso e por saber que, na hora que precisar, vou estar pronto para ajudar - diz Luis Ricardo, que aprova o rótulo de polivalente.

- Já joguei praticamente em todas, só de goleiro que não, mas é melhor deixar o nosso capitão (risos). Ser esse jogador versátil no futebol brasileiro é bom. Quem é usado em várias funções acaba não saindo do jogo, só troca de lado ou posição. Quem ganha é o jogador pelo fato de o treinador ter essa confiança - explica,

Luis Ricardo comemora com Jefferson: goleiro é a única posição em que ele não atuou (Foto: Vitor Silva / SS Press / Botafogo)

Com o Botafogo na decisão do Campeonato Carioca, Luis Ricardo já vive a expectativa dos jogos decisivos com o Vasco. Confiante, ele quer o título para coroar o trabalho desenvolvido no clube.

- É meu segundo ano disputando a possibilidade de título carioca. Ano passado não ganhamos o Estadual e fomos campeões da Série B, agora estamos novamente final. É sinal de um trabalho bem feito, parabéns às pessoas que estão ao nosso redor. Estamos disputando os torneios para vencer. Chegamos bem, com moral, por termos entendido o que é a competição. Estão na final os dois melhores do Carioca, vão ser grandes jogos. Esperamos dar continuidade ao bom trabalho - destaca Luis Ricardo, que convoca a torcida para domingo.

- É de suma importância ter o torcedor do nosso lado. Esse ano não pudemos jogar no nosso estádio, então dificultou para a torcida. Mas o Maracanã dispensa comentários. Ficamos felizes de saber que o torcedor está formando filas, comprando ingressos e vai nos apoiar no domingo - finaliza.

Danilo Santos