notícia

Fogão é finalista!

Heroico, Botafogo vence em Volta Redonda e está na decisão do Carioca!
Atualizado em 24-04-2016, 21h00

 

 

O Botafogo está na final do Carioca! Com boa atuação e heroico para segurar a vantagem no fim, com um a menos, o Fogão venceu o Fluminense por 1 a 0, neste domingo, em Volta Redonda, e se classificou para a decisão! O gol alvinegro foi de Ribamar.

Na final, o adversário será o Vasco, em dois jogos, nos dias 1 e 8 de maio.

O JOGO

Com a semana inteira para treinamentos, o Botafogo aproveitou bem para definir o time, traçar a estratégia e executar: pressão na saída de bola, movimentação, triangulações e chegadas ofensivas. No primeiro tempo, o domínio foi absoluto, só faltou o gol.

Logo com 4 minutos, Salgueiro recebeu lançamento pela esquerda, cortou Henrique e bateu colocado, para boa defesa de Diego Cavalieri. O goleiro do Fluminense voltou a salvar seu time aos 9, quando Bruno Silva fez ótimo lançamento e Ribamar finalizou de direita. No minuto seguinte, jogada de Luis Ricardo, bom passe, Gegê dominou e chutou bonito, mas bola caprichosamente foi na trave.

Quando o Botafogo poderia ter mais uma oportunidade clara, aos 20, Ribamar ia entrar livre com a bola mas foi impedido por Gum. O árbitro deu falta, mas não mostrou cartão amarelo. Do lado do Fluminense, a única chance foi com Gerson, em chute torto.

A baixa alvinegra foi a saída de Emerson, com dores na coxa, porém Renan Fonseca entrou e manteve o padrão. O zagueiro, inclusive, quase marcou em sobra na área, batendo para fora. Aos 32, Salgueiro também tentou, entrou driblando e mandou por cima. Em outra chance, Carli cabeceou sobre o gol.

No segundo tempo, o jogo mudou. Mais defensivo, o Fluminense entrou na partida e equilibrou, porém o Botafogo ainda tinha leve vantagem. Aos 10, Gum, o mesmo que se livrou de cartão amarelo na etapa inicial, deveria ter sido expulso. Em lance de gol, ele foi driblado por Salgueiro, caiu e cortou a mão, mas só levou o amarelo.

Sem desanimar, o Botafogo seguiu em cima até abrir o placar. Aos 18, após escanteio cobrado por Gegê, Ribamar subiu bonito para fazer seu terceiro gol em três jogos contra o rival: Fluminense 0 x 1 Botafogo!

Em vantagem, o Fogão esteve perto de ampliar. Primeiro com Gegê, em perigosa cobrançade falta, que assustou Diego Cavalieri. Depois, aos 28, com um belo contra-ataque: Jefferson lançou Leandro, Ribamar se movimentou e o meia deixou Salgueiro na cara do gol, só que Cavalieri saiu bem e evitou o segundo.

O Fluminense se lançou para tentar a pressão, meio desorganizado, com cruzamentos e chutes de longe. Na melhor chance, Oswaldo fez grande jogada pela esquerda e cruzou, Cícero chegou, mas Jefferson foi preciso na saída.

Aos 37, o Botafogo ficou com um a menos. Joel Carli, que levou cartão em discussão no lance que Gum deveria ser expulso, recebeu o segundo amarelo e foi expulso.

O que era para virar pressão incessante virou jogo de inteligência do Botafogo, que segurou a bola, o adversário e a vaga na decisão! Foooooogo!

GALERIA DE FOTOS (Vitor Silva / SS Press / Botafogo)

 

BOTAFOGO: Jefferson, Luis Ricardo, Joel Carli, Emerson (Renan Fonseca) e Diogo; Rodrigo Lindoso, Bruno Silva, Leandro (Fernandes), Salgueiro e Gegê; Ribamar (Diego). Técnico: Ricardo Gomes.

Danilo Santos