notícia

Canhão de General

Emerson Santos credita boas cobranças ao treinamento e fica feliz por ajudar
Atualizado em 16-03-2016, 15:39

O zagueiro Emerson Santos começou a temporada com moral e uma vaga na equipe titular. Bem em campo, o jovem revelado pelo Glorioso conta com uma potente arma, um verdadeiro canhão no pé direito. O camisa 2 já deixou a sua marca contra o Vasco e explodiu o travessão do Fluminense. Ótima opção para o Botafogo na bola parada.

- Isso é trabalho. Desde quando comecei eu vi que tinha um talento para bater faltas. Procuro aperfeiçoar cada vez mais. Na base meus companheiros já falavam que eu batia forte na bola e mesmo cansado eu treinava bastante após os treinos - disse Emerson.

Confira os principais trechos da entrevista coletiva de Emerson Santos:

TENTATIVA DE GOLAÇO CONTRA O FLUMINENSE

- Eu conversei com o Carli. Ele ia bater rápido, mas pedi para esperar que o Cavalieri estava adiantado. Bati por cima. Acho que preferia que esse lance tivesse sido gol, é raro. Seria inesquecível.

ZAGA QUALIFICADA

- Primeiramente fico feliz por estar jogando, mas o Renan e o Emerson são excelentes jogadores. Quem entrar o Botafogo vai estar bem servido.

SELEÇÃO BRASILEIRA

- Fico feliz porque é um cara que já passou por lá e sabe bem como é. Vou continuar trabalhando e dando segmento ao meu trabalho. Todo jogador sonha em chegar na seleção e comigo não é diferente.

SEM TIMIDEZ

- Ainda estou bem tímido, mas a cada coletiva eu tento melhorar. O assédio aumentou e fico feliz por ser reconhecido.

MELHOR MOMENTO

- Na hora a gente conversa bastante e vemos quem está melhor para bater, como o goleiro vai posicionar a barreira. Vai muito do momento.

Confira a galeria de fotos do treino desta quarta-feira nas imagens de Vítor Silva/Botafogo/SSPress!

 

Marcos Silva