notícia

Bangu 0 x 2 Botafogo

Fogão joga bem e estreia com vitória no Campeonato Carioca
Atualizado em 30-01-2016, 19h00

Seguro, simples e objetivo, o Botafogo começou o Campeonato Carioca com o pé direito! O time alvinegro venceu o Bangu por 2 a 0, neste sábado, em São Januário. Os gols foram de Gervasio Nuñez e Renan Fonseca, ambos no primeiro tempo.

O próximo duelo do Fogão é com a Portuguesa, terça, às 20h30, em São Januário.

CAMISA ESPECIAL

O Botafogo entrou em campo com uma camisa em homenagem aos 80 anos do Tetracampeonato Carioca (1932-33-34-35), completados no último dia 26/1. O único clube a conseguir o feito no campo! O uniforme ganhou selo comemorativo especial.

O JOGO

Deixar uma boa impressão inicial era um dos objetivos do Botafogo. E o time foi aprovado já no primeiro tempo. Com autoridade, controlou a partida, criou chance, não foi ameaçado e abriu vantagem de 2 a 0.

O primeiro gol veio aos 10 minutos. Luis Ricardo achou Gervasio Nuñez livre na área, o meia teve tranquilidade para limpar para o pé esquerdo e finalizar colocado no cantinho. Bangu 0 x 1 Botafogo!

O Jacaré reve outra oportunidade aos 12 e quase marcou de cabeça, após escanteio cobrado da direita. Aos 15, foi Emerson quem incomodou o goleiro Célio Gabriel, com forte cobrança de falta, espalmada para o lado.

Soberano no jogo, o Botafogo chegou ao seu segundo gol. Aos 23, Gegê cobrou falta da direita e Renan Fonseca subiu bonito para ampliar. Bangu 0 x 2 Botafogo!

A atuação do Botafogo tornava o jogo fácil. Gervasio Nuñez, Rodrigo Lindoso e Luis Henrique obrigaram o goleiro adversário a trabalhar, para espalmar boas finalizações.

No segundo tempo, o Fogão diminuiu o ritmo, administrando o jogo. Ainda assim, teve boas chances. Luis Henrique pegou sobra na área, cortou para a esquerda e bateu para fora. Gegê recebeu de Luis Ricardo em boa condição, puxou para o pé direito, mas o chute ficou na zaga.

Ricardo Gomes colocou Ribamar e Dierson nas vagas de Gervasio Nuñes (muito aplaudido) e Airton (saiu com dores). O centroavante entrou cheio de gás e finalizou aos 29, para defesa do goleiro. Pouco depois, deu bom passe para Luis Henrique, que aplicou uma caneta no zagueiro e chutou colocado, mas na trave.

Leandro ainda entrou no fim e reclamou de um pênalti, não marcado. Mas não fez falta: a vitória já estava garantida!


GALERIA DE FOTOS (Vitor Silva / SS Press / Botafogo)



BOTAFOGO: Jefferson, Diego, Renan Fonseca, Emerson e Diogo Barbosa; Airton (Dierson), Rodrigo Lindoso, Luis Ricardo, Gervasio Nuñez (Ribamar) e Gegê (Leandro); Luis Henrique. Técnico: Ricardo Gomes.

Danilo Santos