notícia

Para ficar de vez

Após temporada de aprendizado, Fernandes trabalha pela afirmação no Botafogo
Atualizado em 20-01-2016, 22:01

O processo de transição da base para o profissional é delicado e envolve muitos fatores para que um atleta tenha sucesso. Fernandes passou por isso no Botafogo e foi aprovado com êxito no desafio de voltar o Glorioso à elite do futebol nacional. Mais maduro, o jovem volante trabalha por uma temporada de afirmação com o manto alvinegro, mesmo com a forte concorrência no meio-campo.

- É um momento de bastantes testes e a briga no meio-campo está muito boa. A gente tem que trabalhar firme a cada dia para estar preparado para agarrar a oportunidade quando ela aparecer. Acredito que 2016 é um ano de afirmação do meu futebol. Ano passado eu oscilei muito e nessa temporada tenho que estar bem para segurar a oportunidade e não soltar mais. Acho que foi mais pela idade, aconteciam coisas que eu jamais tinha vivido. Por isso oscilei um pouco, mas já ficou no passado e o foco é evoluir mais a cada dia - disse Fernandes.

Fernandes participou de todo o difícil processo do Botafogo à 1ª divisão, o que lhe rendeu uma boa bagagem. Titular com então treinador René Simões, o jovem formado no Glorioso seguiu tendo oportunidades com Ricardo Gomes e só não foi mais longe na temporada por conta de uma torção no joelho que o fez parar.

Botafogo x Macae
Fernandes quer repetir boas atuações do ano passado e crescer ainda mais (Foto: Vìtor Silva/SSPress/BFR)

Recuperado e com ânimo renovado, Fernandes garante trabalho para correr atrás do tempo perdido e surpreender novamente no Botafogo. Como profissional, foram 36 jogos com a camisa alvinegra.

- Estou totalmente recuperado e não sinto mais nada. Agora é trabalhar mais a cada dia e focar em cada treino para poder ajudar o Botafogo. Ano passado fiz a minha primeira pré-temporada como profissional, uma temporada de aprendizado. Uma grande fase que levo muitas coisas como lição. Agora é dar continuidade e evoluir - projeta o volante.

Com um toque na bola refinado, Fernandes chegou a ser utilizado de forma mais avançada em campo, atuando como um meia, e teve destaque. O jovem deixou claro como prefere atuar, mas não fechou os olhos para outras funções. Para Fernandes, o importante é estar preparado para ajudar o Botafogo da forma que for preciso.

- Gosto mais de jogar como volante, mas posso corresponder da forma que o professor preferir. Estou preparado. Está me colocando como volante nos treinos e no ano passado eu fui bem atuando como meia, fazendo gols. Mas estou preparado para atuar em que posição ele preferir.

Fernandes voltará ao Estádio Kleber Andrade, local do amistoso contra a Desportiva, no dia 23. O jogador tem boas lembranças da casa capixaba, já que lá pôde entrar na vitória alvinegra contra o Mogi Mirim e ajudou com uma boa atuação. O meia também ressaltou o carinho da torcida do Botafogo no Espírito Santo.

- É um campo que jogamos e vencemos, tivemos o apoio da torcida e foi fundamental para o resultado. Pude entrar e dar um belo passe para gol. Acho que temos tudo para fazer uma grande partida. Aqui no Espírito Santo a torcida abraça a gente muito bem e isso é fundamental para atropelarmos qualquer adversário em campo - encerrou Fernandes.

o Botafogo de Fernandes segue a preparação na pré-temporada em Domingos Martins, interior do Espírito Santo. O time fará um jogo-treino na tarde de quarta-feira, contra o Rio Branco VNI(ES), no CT China Park.

Marcos Silva