notícia

Trabalho Consolidado

Pelo 4º ano consecutivo, Sub-20 do Botafogo decide a final do Torneio OPG
Atualizado em 20-11-2015, 18:00

Neste sábado(21/11), a equipe Sub-20 do Botafogo terá um importante desafio pelo primeiro jogo da finalíssima do Torneio Otávio Pinto Guimarães. Às 16h, o Alvinegro vai dar o pontapé inicial na decisão contra o Friburguense, no Estádio Eduardo Guinle, em Nova Friburgo.

A equipe comandada por Mauricio Souza segue reunindo uma sequência de números de grande expressão dentro do cenário do futebol de base carioca. Pelo quarto ano seguido, o Glorioso disputa a final do Torneio OPG (Campeão em 2013) e nos últimos dois anos já reúne seis finais estaduais de sete possíveis. Presente na trajetória alvinegra nesses dois últimos anos, Mauricio afirma que o trabalho de base do Botafogo já é uma realidade consolidada.

- Realmente é um número bem expressivo. Chegamos a mais uma final no ano, é a terceira de três possíveis nesse ano em estaduais. Acho que não tem mais como duvidar da base do Botafogo. Se formos fazer um retrospecto rápido veremos esses números expressivos dos Juniores, a campanha do Juvenil que foi finalista da Copa do Brasil, o Sub-16 que foi finalista na Guilherme Embry, o Sub-15 que conquistou a Copa Brasil-Japão e o Sub-13 e 14 na fase final do Metropolitano. Esses números retratam como o trabalho vem sendo feito de forma excelente, assim como a proposta que nos faz chegar a esses números. Jogamos com uma proposta que acreditamos ser de formação, então não se pode mais questionar a base do Botafogo. Ela é forte, chegou para ficar e tem um trabalho de excelência. Sou feliz em poder participar desse grupo fantástico. - disse o técnico.

SUB 20 - Botafogo x Ponte Preta
Mauricio Souza é o comandante da equipe Sub-20 alvinegra na busca do título do Torneio OPG.

Após perder importantes peças durante o ano, por um bom motivo, pois boa parte do time foi promovido ao profissional. Mauricio teve que remontar a equipe e fazer com que, em pouco tempo, os meninos assimilassem a estrutura de jogo do Sub-20 alvinegro. Segundo o treinador, a união e o foco dos meninos no trabalho foram características essenciais para a superação de todos os desafios.

- Não tenho duvidas que a união da equipe, a determinação e o quanto eles gostam de trabalhar são os pontos diferenciais dessa equipe. Nós remontamos o time durante o ano algumas vezes em função de ter cedido atletas ao profissional e em nenhum momento solicitamos que eles descessem, pois é a proposta do clube estar buscando sempre revelar. É gratificante ver um grupo que têm atletas recém promovidos do Juvenil e que chegaram de fora, já encaixar e entender a proposta de jogo do juniores do Botafogo, conseguindo uma classificação heroica dentro da Gávea, em um jogo onde fomos superiores e muito equilibrados taticamente. Então, acho que o segredo é o quanto eles são focados no dia a dia do trabalho. - enalteceu.

Como adversário na grande final, o Glorioso terá pela frente o Friburguense. Uma equipe que fez uma grande campanha nas fases anteriores e eliminou equipes favoritas. Cauteloso, Mauricio Souza comentou sobre a missão de transformar o favoritismo em algo bom para levar a melhor nesse duelo.

- Nós somos favoritos pela grandeza, já conversei isso com eles, mas temos que transformar esse favoritismo dentro do campo. Não adianta apenas ser favorito porque é dentro do campo que as coisas se resolvem. A gente sabe que o Friburguense traz atletas acima da idade de juniores, pois a competição permite, e fez uma bela campanha, se capacitando a jogar a final. Sabemos que vai ser pedreira e que esses confrontos serão bem difíceis, justamente porque nós temos todo o favoritismo. Mas o que será determinante é a nossa capacidade de transformar isso em um bom jogo e conseguir já no primeiro jogo sair com a vitória, levando a decisão para casa com um pouco mais de tranquilidade. - finalizou o treinador.

Fabio de Paula