notícia

Peneirando Joias

Aprovados pelo processo seletivo, jovens vivem rotina jogos na base alvinegra
Atualizado em 14-11-2015, 22:40

Um sonho que aos pouquinhos vai se tornando realidade. Essa é condição dos jovens atletas aprovados na famosa peneira realizada pelo clube. Não é fácil se destacar diante todas as condições impostas e em meio a um universo de inúmeros meninos, mas no Botafogo o processo seletivo é levado à sério e funciona como uma grande fonte de captação de futuros jogadores.

Comprovando o bom aproveitamento, o clube possui 4 jovens oriundos do processo seletivo feito esse ano. Marcos Gabriel, goleiro da equipe Sub-14, Davi, goleiro do Sub-12, Leonardo, lateral-direito do Sub-12 e Marcos Paulo, também da equipe Sub-12, foram aprovados pelo coordenador do departamento de captação Victor Aurélio e levados até as comissões técnicas.  

- Eles fizeram a inscrição no processo seletivo, passaram pelo período de treinos que oferecemos lá e foram bem. Com isso, passaram para as etapas seguintes da avaliação, novamente foram bem e foram aprovados pela comissão técnica. Hoje estão integrando a equipe de federados da base do Botafogo disputando campeonatos. - disse Victor.


Sem título
Leonardo (esquerda) e Marcos Paulos (direita) foram aprovados na peneira e integram o Sub-12 alvinegro.

Hoje, após passarem pela aprovação da comissão, os meninos incorporam os elencos de suas respectivas categorias. Os goleiros Marcos Gabriel e Davi são treinados pelo preparador de goleiros Wallace Oliveira, enquanto Leonardo e Marcos Paulo são comandados pelo técnico Vinicius Nogueira. Todos são aproveitados na rotina de jogos do Alvinegro.

- A gente observa sempre com carinho os atletas, prestando atenção em todos eles e analisando aquilo o que demonstraram na parte técnica, no comportamento com a bola no pé durante os jogos. Aqueles se destacam são selecionados para seguirem sendo avaliados no processo, para possivelmente, vir a ser federados aqui. - explicou o coordenador.

 Sem perder nenhum detalhe, o departamento de observação e captação do jogadores comandado por Victor Aurélio e que conta com a histórica contribuição de Sebastião Leônidas, o Seu Léo, possui uma política justa de avaliação. Segundo Victor, a maneira como a paneira funciona hoje no clube possibilita ao jovem atleta a chance de mostrar o seu futebol da melhor forma possível.  

- De acordo com a filosofia do clube, entendemos que 1 dia apenas é pouco para se avaliar um atleta, pois sabemos que várias situações influenciam no desempenho. Então, para que ele tenha tempo suficiente de mostrar seu futebol e para fazermos uma avaliação justa, todos possuem no mínimo 3 dias de treinos em 3 sextas. Tudo isso para que eles tenham chances reais de mostrarem o que sabem. - disse.


Sem título
O coordenador do dep. de captação Victor Aurélio comanda o Processo Seletivo de jogadores do Botafogo.

Em um novo porém conhecido local, o Glorioso tem realizado suas peneiras. Pela facilidade de acesso e por ter uma boa estrutura, o campo do Quartel 31 GAC foi escolhido para ser o novo "lar" do processo seletivo alvinegro. A locação fica na rua São Sebastião, em Deodoro, Rio de Janeiro.

- O Botafogo já tinha uma identificação grande com a região de Deodoro, pois treinava ali próximo em Marechal e a gente também já havia treinado no Quartel 31 GAC antes. Lá nós temos uma estrutura muito boa de espaço, são cinco campos para trabalharmos, o que nos deixa bem à vontade para para dar o treino para os atletas. Começamos nesse mês e tem sido um sucesso de participação. - pontuou.

Para você que sonha em vestir a camisa alvinegra ou espera que seu filho faça parte do elenco de jovens talentos do Fogão. As inscrições estão abertas. Os treinos desse ano irão até a segunda semana de dezembro. Após esse período, o processo entra em recesso de fim de ano e retornará na segunda semana de janeiro, no mesmo local.

Confira todas as informações sobre o Processo Seletivo do Fogão aqui!

Fabio de Paula