notícia

Na bronca

Jefferson explica pênalti inexistente marcado a favor do Ceará na derrota por 1 a 0
Atualizado em 21-10-2015, 01:29

O Botafogo enfrentou o Ceará em jogo atrasado da 30ª rodada da Série B e acabou derrotado por 1 a 0 no Estádio Nilton Santos. A equipe alvinegra não teve atuação parecida com a da goleada por 4 a 0 sobre o Bragantino, na última rodada, mas talvez o empate fosse o resultado mais justo. Mas no futebol nem sempre é assim e o Alvinegro, em casa, acabou derrotado com o pênalti inexistente de Jefferson em Alex Amado. Rafael Castro bateu e converteu.

No fim, Jefferson atendeu os jornalistas e falou sobre o lance decisivo para o resultado final da partida. Mesmo avesso ao assunto arbitragem, o capitão falou sobre o episódio e pediu mais atenção para que não ocorram novos erros.

- Foi triste porque queríamos a vitória, mas fica também a indignação. Eu não sou muito de falar da arbitragem, mas hoje, com certeza, ela interferiu no resultado. Todos viram que não foi pênalti e uma marcação assim desestabiliza qualquer equipe. De maneira nenhuma toquei no jogador. Todo mundo viu o lance, tanto que o jogador deu o tapa na bola e ela foi parar na bandeirinha. Veio cavando e caiu em cima de mim. Já fui com a mão levantada. O quarto árbitro mesmo foi lá no vestiário e disse que o árbitro reconheceu que não foi pênalti. Hoje os atacantes vão driblar o goleiro para cair e não para fazer o gol. É muito difícil o atacante tentar o drible. Os árbitros devem ficar mais atentos - disse Jefferson.

Apesar do erro decisivo, Jefferson não fugiu da responsabilidade do placar não construído em casa e ressaltou o dever de buscar diante do Náutico, sábado, em Recife, a vitória que escapou em domínio alvinegro.

- Agora temos que buscar fora o que não fizemos em casa. Precisamos de mais duas vitórias para classificar e temos que buscar isso o mais rápido possível. É natural ver os jogadores ansiosos para matar isso o quanto antes, mas temos que conter isso com os mais experientes. Vamos ter uma sequência importante agora e temos que estar focados para buscar a classificação e depois o título - encerrou o camisa 1

O Botafogo volta a treinar na tarde de quarta-feira, às 17h, no Estádio Nilton Santos. O Glorioso segue na liderança da Série B com 59 pontos conquistados. O próximo adversário será o Náutico, sábado, às 17h30, na Arena Pernambuco.

Marcos Silva