notícia

Sabedoria de capitão

Jefferson prega cautela sobre a proximidade do acesso e foca somente no Sampaio
Atualizado em 01-10-2015, 00:55

Liderança com folga, equipe sempre presente no G4, 8 pontos de distância para o quinto colocado e tantos outros números positivos fazem do Botafogo um forte candidato a subir de forma antecipada para a Série A do Campeonato Brasileiro, correto? Não! Não para o ídolo Jefferson e nem para seus companheiros alvinegros dentro do clube.

No Botafogo não tem nada resolvido e o foco é pensar jogo a jogo. Para Jefferson a vantagem adquirida na liderança é importante, porém não significa nada. O paredão alvinegro falou sobre o pensamento cuidadoso da equipe para não queimar etapas e não perder o foco nessa reta final.

- A gente conseguiu uma boa vantagem para o segundo colocado, mas ainda não subimos. Temos que pensar jogo a jogo e ter cuidado. Os times estão muito iguais. Tem o Vitória, Bahia, Sampaio, Paysandu... Estão bem parelhos para o acesso e temos que estar bem focados para subir. - esclareceu.

Com os pés no chão e uma postura firme, o goleiro afirmou que para eles não existe deslumbramento e que o trabalho não vai parar enquanto os dois objetivos traçados não forem alcançados.

- Nós estamos muito focados e não vejo nenhum jogador deslumbrado ou pensando que está tudo resolvido. Queremos subir, mas também sendo campeões. Temos que ver primeiro o acesso, mas queremos o título esse ano. - disse Jefferson.

Com esse pensamento dia após dia, o Alvinegro vai se alinhando e trilhando um caminho regular, sem dar chances para tropeços. A próxima batalha já está marcada e para Jefferson será tão difícil quanto todas as outras, mas o capitão esbanja confiança em sua equipe.

- Temos que impor o nosso ritmo. O Sampaio é forte dentro de casa, mas também jogamos bem longe do Rio. Respeitaremos o adversário, mas vamos em busca dos três pontos. No Nilton Santos foi 5 a 0, mas não condiz com o que foi o jogo. Eles tiveram boas oportunidades, mas nós soubemos aproveitar.Então, nós esperamos um jogo bem difícil. - falou.

CONFIRA OS PRINCIPAIS TRECHOS DA COLETIVA DE JEFFERSON:

DESCANSO MERECIDO

- Precisávamos desses dois dias de descanso e de uma boa semana para trabalhar. Eram jogos diretos e foi uma boa recuperada. Todos estão entrosados e estamos na reta final. Todo mundo já estreou e passou o frio na barriga. Qualquer um que jogar vai ter a nossa confiança, assim como temos com o Carleto.

COMPARAÇÃO COM 2003

- Vejo a união dos jogadores. Em 2003 foi a mesma coisa, e claro que foi mais difícil porque só subiam dois times. O nível de competitividade era maior. Mas esse ano não é muito diferente e temos que fazer de tudo para subir.

PROFESSOR RICARDO

- O Ricardo é muito objetivo e essa é a filosofia dele. Ele é simples, pensa futebol e fala a língua dos jogadores. Quando senta para conversar com a gente sempre traz coisas novas. Os jogadores compraram o trabalho dele e todo mundo sabe o que fazer. Todo mundo se motivou com a volta dele ao futebol. O olhar para ele é sempre de superação e todos estão correndo para ele e fazendo o que ele manda. É um cara que já jogou futebol.

APOIO DA DIRETORIA

- Hoje em dia a gente enaltece a diretoria do Botafogo e o nosso presidente. Pegou o clube numa situação muito difícil, praticamente um caos. Estou aqui faz tempo e nunca vi o Botafogo como no ano passado. O trabalho é louvável e estão nos dando tranquilidade para jogar o nosso futebol. Merecem os parabéns, mas ainda falta um pouco para comemorarmos juntos com o acesso.

VOLTA DO CAIO MARTINS

- É uma grande conquista para o Botafogo. Sabemos das dificuldades para o ano que vem com o fechamento do Nilton Santos. O Caio Martins é a nossa segunda casa e sei do carinho que todos tem pelo Estádio. Moro em Niterói e sei o quanto estão esperando por essa volta. Vamos fazer de lá um caldeirão para conseguirmos as vitórias também.

ORGULHO ALVINEGRO COM A AMARELINHA

- O Botafogo é uma vitrine, principalmente para a seleção brasileira. Muitos procuraram o clube porque sabem que é um caminho para a seleção. Fico feliz em representar o clube na seleção brasileira.

Fabio de Paula