notícia

Boa 0 x 1 Botafogo

Fogão vence fora de casa e chega a 52 pontos na Série B!
Atualizado em 18-09-2015, 23h24

 

 

Não foi fácil, mas a vitória veio novamente. Com um gol de Fernandes e grandes defesas de Jefferson, o Botafogo derrotou o Boa por 1 a 0, nesta sexta-feira, no Estádio Dilzon Melo, em Varginha, e chegou a 52 pontos no Campeonato Brasileiro da Série B. Mais líder do que nunca e firme em busca do objetivo!

O próximo adversário é o Macaé, terça, às 19h, no Estádio Nilton Santos. A torcida alvinegra está convocada a prestigiar o time.

O JOGO

Em virtude da sequência de jogos e para evitar um desgaste a mais, o Botafogo foi para Varginha apenas nesta sexta, dia do jogo. Medida válida para uma partida difícil, truncada e em um campo pesado no Estádio Dilzon Melo. Na etapa inicial, o Glorioso levou sustos, mas conseguiu abrir vantagem.

No início, o jogo foi estudado e de poucas chances. Pela esquerda, Digeo Giaretta cruzou uma para interceptação providencial do goleiro Douglas e em outra achou Luis Ricardo, que finalizou para fora. Do outro lado, o Boa ameaçava apenas em chutes de longe, como um de Moacir por cima.

Na primeira vez que acertou uma combinação ofensiva, o Botafogo abriu o placar. Willian Arão recebeu pela direita bom lançamento de Renan Fonseca e cruzou rasteiro, Sassá brigou, mas foi Fernandes que bateu firme para balançar a rede, aos 24. Boa 0 x 1 Botafogo!

Com a vantagem alvinegra no placar, foi a vez de Jefferson aparecer. Primeiro ao se esticar para espalmar cabeçada para trás de Renan Fonseca. Aos 28, para fazer grande defesa em chute rasteiro de Tadeu no canto esquerdo. E aos 34 para sair de forma precisa e abafar finalização de Gabriel. Pouco depois, em um lance incrível, Moacir acertou o travessão, Tadeu teve a sobra na pequena área, mas não conseguiu concluir e Jefferson cortou de novo.

O Botafogo só voltou a atacar a perigosamente aos 46, quando Willian Arão arriscou de fora da área por cima. No segundo tempo, porém, o time acertou a marcação e encontrou o equilíbrio defensivo, tirando espaços do adversário.

Mais organizado, o Glorioso passou a criar mais oportunidades e a ficar perto ampliar. Em seu último lance, Daniel Carvalho carregou pelo meio, deu bom passe para Luis Henrique tocar cruzado e Sassá quase chegar. Aos 18, Fernandes arriscou de fora e Douglas pegou. O goleiro voltou a aparecer bem aos 22, ao espalmar forte chute de Elvis.

O Boa foi para o tudo ou nada. Aos 22, a arbitragem não marcou falta clara em Roger Carvalho, Tadeu ficou livre, invadiu a área e soltou uma bomba por cima. Já aos, Wilson recebeu na área, saiu na gol e Jefferson outra vez saiu de forma perfeita, evitando o gol.

Houve uma pressão até o fim, mas sem consistência e lances reais. O Botafogo se defendeu bem, segurou o adversário e garantiu mais uma vitória importante!

BOTAFOGO: Jefferson, Luis Ricardo, Renan Fonseca, Roger Carvalho e Diego Giaretta; Serginho (Camacho), Willian Arão, Fernandes e Daniel Carvalho (Elvis); Lulinha (Luis Henrique) e Sassá. Técnico: Ricardo Gomes.

Danilo Santos