notícia

Por cima dos obstáculos

Com tempo curto, Ricardo aposta no diálogo antes do jogo contra o Boa Esporte
Atualizado em 17-09-2015, 22:09

A maratona de jogos é um problema para todos os clubes da Série A e B, o que não é diferente no Botafogo. A equipe volta a campo 48h após o último jogo e, além disso, viajará até varginha para enfrentar o Boa Esporte, sexta-feira, às 21h30. Com uma programação especial, o Glorioso irá no dia do jogo num vôo fretado. Sem tempo para treinar, Ricardo Gomes trabalha na base da conversa com os atletas para ajustar o time pela manutenção da ponta da Série B.

- Não tem nada para fazer. É conversar bastante e automatizar para diminuir os erros. Coisa do calendário e é ruim para todo mundo. O torcedor que paga quer ver o bom futebol e não vai pensar no calendário. O que fazemos é uma sequência ao treino regenerativo. Trabalhamos a posse da bola sem agressividade e muita tática. Apenas para tocar na bola e evitar que fiquem dois dias sem tocar nela - explicou Ricardo Gomes.

O treinador confirmou o retorno de Diego Giaretta ao time, que cumpriu suspensão automática e não esteve em campo contra o Oeste. Ricardo Gomes disse não ter tido uma conversa específica sobre o posicionamento da equipe em campo, mas aponta mudanças para a próxima partida.

- Não tivemos essa conversa. O adversário é diferente e o posicionamento do nosso time terá duas correções em relação ao último jogo. Temos que automatizar para melhorar o posicionamento. O Giaretta vai entrar e o time que eu treinei no começo deve jogar amanhã - encerrou o treinador.

O Botafogo lidera a Série B com 49 pontos somados. A equipe enfrentará o Boa Esporte, sexta-feira, às 21h30, em Varginha.

Marcos Silva