notícia

Pelo bom futebol

Ricardo Gomes prioriza bom desempenho da equipe por briga natural pela liderança
Atualizado em 14-08-2015, 12:31

O Botafogo encerrará o primeiro turno da Série B diante do América(MG), sábado, às 16h30, na Arena Independência. O confronto direto na tabela vale muito para as duas equipes e promete ser disputado. Na 3ª colocação da competição, o Glorioso segue na cola do líder Vitória, que tem apenas um ponto de vantagem. A volta ao topo é um dos objetivos, mas não de início. Para o treinador, o importante é aplicar um bom futebol, o que dará novamente ao Alvinegro mais chances de voltar a ponta da tabela.

- Muito mais importante é reencontrar o bom futebol. Fazendo isso vamos brigar pelas primeiras posições. O fato de estar ou não na liderança é fruto do trabalho. Agora, se torcer pelos resultados e não jogar não vai dar certo. Temos que reencontrar o bom futebol nos 90 minutos - destacou Ricardo Gomes.

Confira os principais trechos da entrevista coletiva do treinador Ricardo Gomes no Estádio Nilton Santos:

TRABALHO NO BOTAFOGO

- O trabalho ainda tem pouco tempo e cada um trabalha de uma forma. Estou dando continuidade ao trabalho do René e do Jair, mas do meu jeito. Eles estão me entendendo. No Brasil existe essa pressa e todo mundo perde. Para construir uma equipe leva tempo. Esquece o futebol, pode ser com vocês jornalistas. Ninguém monta uma equipe de sucesso no jornalismo por acaso, mas sim por competência e tempo de trabalho.

AMÉRICA MINEIRO


- O América fez bons jogos dentro e fora de casa, tem um time bem montado e com jogadas ensaiadas. O tempo de trabalho deles eu não sei exatamente, mas eles possuem um corpo bem claro.

MUDANÇA NA LATERAL-DIREITA

- O Luis Ricardo é uma perda, mas eu gosto bastante do Diego. Ele tem características de um verdadeiro lateral e eu gosto muito.

TIME MAIS ENTROSADO


- Temos mais tempo com o mesmo time, principalmente no meio-campo, por onde passa a organização do time. Espero que seja melhor do que na terça-feira. Quero ver uma evolução.

COMPROMETIMENTO NECESSÁRIO


- Nós tínhamos dois gols em oito jogos e não se faz futebol assim. A má fase acontece em um campeonato longo. Isso não vai acontecer só com o Botafogo e também pode acontecer com o Vitória e o América(MG). O que mais me incomodada era não fazer os gols. você joga com uma equipe sabendo que nem sempre vai dar certo, mas com o comprometimento do time. O que tem que acontecer nas vitórias e nas derrotas também. Esse é o nosso discurso.

Confira a galeria de fotos do treino desta sexta-feira nas imagens de Vítor Silva/SSPress!


Marcos Silva