notícia

Peito aberto

Ricardo Gomes volta ao futebol, assume o Botafogo e garante muito trabalho
Atualizado em 27-07-2015, 14:06

O Botafogo apresentou oficialmente o treinador Ricardo Gomes para a sequência da temporada. Além de todo o protocolo oficial, comum em qualquer apresentação, os presentes na sala de imprensa do Estádio Nilton Santos viram o renascimento do homem Ricardo Gomes, totalmente recuperado do AVC sofrido em 2011 que o afastou do trabalho.

O VP de Futebol Antonio Carlos Mantuano fez as honras da casa e falou da satisfação em contar com os serviços do treinador Ricardo Gomes e do seu auxiliar Luiz Otávio.

- É uma satisfação apresentar o Ricardo Gomes como o nosso treinador ao lado do seu auxiliar Luiz Otávio. Não só como jogador que foi, mas como grande técnico que é. O Botafogo está muito feliz em poder contar com o trabalho dele. Bem-vindo, Ricardo! Vocês trarão o título para nós - disse Mantuano.

O Gerente de Futebol Antonio Lopes também se pronunciou e falou da rotina do novo treinador nos primeiros dias de trabalho.

- Comunico da alegria em trazer o Ricardo como treinador, um dos profissionais mais competentes do futebol brasileiro. Posso afirmar que o Botafogo fez duas grandes contratações pela competência desses profissionais. Estamos felizes por isso. Eles já foram apresentados pela nossa comissão técnica permanente e aos nossos jogadores. O Ricardo assistiu ao treinamento de hoje e pôde conhecê-los melhor através do trabalho de análise do nosso departamento de inteligência. Ele participará da nossa preleção como ouvinte. Está tudo programado e na quarta-feira ele assume totalmente a posição de nosso técnico de futebol - explicou Lopes.

Confira os principais trechos da entrevista coletiva de Ricardo Gomes, novo treinador do Botafogo:

O RETORNO

- Agradeço as palavras do presidente e do Lopes. O Luiz Otávio trabalha comigo faz tempo e estou muito feliz por estar retornando ao que eu gosto de fazer, que é ser treinador. Eu recuperei 100% a parte física e motora e vocês vão perceber alguma pequena sequela. Estou liberado e muito bem de saúde. A minha preocupação é fazer o Botafogo voltar para o lugar de onde nunca deveria ter saído. Quero ajudar essa turma boa a levantar o Botafogo. Essa é a minha felicidade.

PRONTO PARA TUDO


- Falei com os jogadores que estresse vai acontecer e não tem problema algum com isso (risos). Estou liberado para críticas e venho trabalhar sem contraindicações. No dia 28 de agosto de 2011 a minha vida mudou, mas se o acidente não tivesse acontecido eu não estaria aqui conversando com vocês. Tive essa sorte.

INSPIRADOR

- Vocês vão reparar que a dificuldade que tenho não tem haver com o AVC, mas com uma lesão que eu tive no joelho em 1984. Tive uma boa recuperação em três anos e onze meses, com grandes profissionais da área médica. Apesar do acidente eu só tenho coisas boas para contar.

APOIO DA FAMÍLIA

- A família não está nem um pouco preocupada, me conhecem bem. O acidente foi traumático, mas eles também se recuperaram. Estão torcendo agora pelo Botafogo.

A VISÃO DO FUTEBOL BRASILEIRO

- O futebol brasileiro é muito mais importante que esse momento que vivemos. O Botafogo é um grande clube e vamos sair dessa situação, assim como o futebol nacional. O momento é difícil e ficou pior pelo que aconteceu na Copa do Mundo. Vamos nos recuperar com muito trabalho e competência.

RECUPERAÇÃO E VOLTA POR CIMA

- A recuperação não foi fácil e a minha memória de atleta me ajudou bastante também. É difícil uma pessoa recuperar sem ter a capacidade de treinar durante muitas horas. Treinava por 12 horas pensando em voltar e até comandar um grande clube.

ELOGIOS AO AMBIENTE ALVINEGRO

- Participei de duas reuniões importantíssimas. Fiquei quatro anos fora do mercado e tudo tem um preço a pagar. Cansei de assumir clubes em situações complicadas, mas na liderança será a primeira vez. Comecei bem com esse grupo e o nível de profissionalismo é impressionante aqui dentro.

LUIZ OTÁVIO, AUXILIAR TÉCNICO

- Estou muito contente com esse desafio, é uma alegria dobrada. Venho para o clube de coração e com um grande amigo. Sei da luta que o Ricardo teve, é um guerreiro. Nos falamos algumas vezes durante a recuperação e estou muito feliz por assumir esse grande compromisso com o Botafogo.

CONVITE DO BOTAFOGO E SEQUÊNCIA NO TRABALHO

- Eu fiquei surpreso. Tive um outro convite do Vitória também no início do ano, mas não estava pronto por conta da operação no joelho. O trabalho começou de forma excelente com o René e segue bem com o Jair Ventura, não só nas escalações, mas nas declarações também. Espetacular.

FORMAÇÃO DE NOVOS ATLETAS

- De que forma que vamos recuperar o futebol? Com a grande formação de jogadores. Me formei no Fluminense com 12 anos e quando cheguei ao profissional, com 18 anos, já estava pronto. Quando eu cheguei na europa nenhum treinador disse que eu estava errado e isso aconteceu pela boa formação. Temos que pegar pesado nesse sentido.

VALORIZAÇÃO DO QUE ESTÁ SENDO CONTRUÍDO


- Quero dar continuidade ao que foi feito pelo René e Jair. Não vou fazer loucuras e o principal é dar continuidade. Se você muda o método de trabalho o jogador leva duas ou três semanas para entender. Esse não é o caso e pretendo dar continuidade.

VIVENDO E APRENDENDO

- Por mais que a experiência seja importante eu aprendi que a gente sabe pouca coisa e temos que trabalhar muito para aprender um pouco mais. Antes do acidente eu tinha uma cabeça e quero melhorar. Com muita força, trabalho e determinação eu vou buscar isso no Botafogo. Vou sempre colocar na cabeça desses jogadores que precisamos evoluir sempre.

Confira a galeria de fotos da apresentação oficial de Ricardo Gomes nas imagens de Vítor Silva/SSPress!



Marcos Silva