notícia

Cabeça no lugar

Capitão da equipe, Jefferson exerce papel de líder e mira retomar o caminho das vitórias
Atualizado em 16-07-2015, 20:07

Sem tempo para lamentações. Esse é o lema atual do Botafogo. Após a saída de René Simões do comando alvinegro, a equipe segue trabalhando forte, pois já possui um difícil desafio pela frente. Visando o confronto direto contra o Náutico, no sábado, o treinador interino Jair Ventura comandou as atividades dessa quinta-feira no Estádio Nilton Santos. Após o treino, o dono da meta alvinegra e ídolo Jefferson, atendeu aos jornalista na sala de imprensa.

Vindo de uma sequência não muito boa no Brasileirão, o Glorioso vê no duelo de sábado contra a equipe pernambucana uma chance de reverter o quadro e voltar a vencer no campeonato. Para Jefferson, a oscilação em uma competição tão disputada quanto a Série B é comum e aconteceu no momento certo, porém a hora é de, sem desespero, buscar o caminho das vitórias novamente.  

- É normal as equipes oscilarem durante a competição, acho que oscilamos quando podíamos. Nenhuma equipe consegue ficar o campeonato todo na ponta e jogando bem. Passamos por esse momento. Agora vamos colocar a cabeça no lugar e voltar as vitórias. Não é hora de nos desesperarmos, é o momento de usar nossa experiencia, vê o que a diretoria vai nos trazer em questão de comandante para sentar e buscar o caminho das vitórias. Sabemos que o Náutico é uma equipe leve, tem jogadores jovens, que estão querendo mostrar serviço no futebol nacional. Vai ser um jogo difícil, mas creio vai ser uma grande oportunidade para darmos a volta por cima conquistando uma boa vitória e confiança dos torcedores. - disse o camisa 1.

Em momentos difíceis, a tranquilidade e a razoabilidade são características primordiais para se conseguir recolocar as coisas em ordem. Caracterizado por possuir esses atributos, Jefferson, exercendo sua função de capitão, admitiu uma conversa com o elenco sobre o momento atual e deixou evidenciado o seu apoio e confiança a Jair Ventura para a partida diante o Náutico.  

- Nós já conversamos. Eu como o capitão reuni os jogadores e expliquei que essa troca de treinador faz parte do futebol. Vamos ter que botar nossa experiencia em prática e dar força para o Jair. Já conhecemos o trabalho dele, sabemos como ele trabalha. É um cara que está buscando o seu espaço e que conhece o futebol, não está aqui a toa. Acredito que com experiência que ele passará para gente, vamos conseguir ter um bom desempenho em campo para buscar a vitória. - enfatizou.

O momento é, sem dúvidas, de unir forças. Se o elenco passa seu apoio ao técnico, os atletas também recebem amparo por parte da diretoria. Pouco antes do treinamento, o presidente do clube Carlos Eduardo Pereira, acompanhado de toda a diretoria alvinegra, conversou com os jogadores e reforçou a confiança no trabalho. Segundo Jefferson, a presença e as palavras do presidente terão resultados positivos.

- A gente assumiu as nossas responsabilidades, o presidente veio aqui e nos deu força. Já passei por outras equipes onde normalmente a cobrança foi grande, aqui foi ao contrário. O presidente nos deu forças, então cabe a gente assumir nossas as responsabilidades,  correr dentro de campo e mostrar raça para tirarmos o Botafogo dessa situação. - pontuou o capitão.

Nessa sexta-feira pela manhã, o Botafogo volta ao campo anexo do Nilton Santos para finalizar a preparação para o jogo de sábado contra o Náutico, às 16h30, no Estádio Nilton Santos, pela décima terceira rodada do Brasileiro.

CONFIRA A GALERIA DE FOTOS DO TREINO DESSA QUINTA-FEIRA: (VITOR SILVA/ SS PRESS)




Fabio de Paula