notícia

Novidades na equipe

René Simões confirma retorno de Elvis e estreia de Octavio contra o Figueirense
Atualizado em 13-07-2015, 19:32

O Botafogo deixará a Série B um pouco de lado e volta o foco para a Copa do Brasil. Após o empate em 2 a 2 e a vantagem conquistada em Florianópolis, o Glorioso receberá o Figueirense, terça-feira, às 21h, no Estádio Nilton Santos. A equipe de René Simões pode empatar em até 1 a 1 para conquistar a vaga.

A equipe treinou no campo principal do Estádio Nilton Santos e o treinador René Simões indicou as mudanças no time titular. Elvis voltou ao meio-campo, enquanto Octavio, de volta ao clube após uma passagem pelo futebol italiano, receberá uma oportunidade e fará sua estreia.

René Simões concedeu entrevista coletiva e falou sobre as novidades no Botafogo para a Copa do Brasil, entre outros assuntos. Confira:

MUDANÇAS NA EQUIPE

- Na verdade são duas mudanças. O retorno do Elvis e a entrada do Octavio. Vamos ver como o Luis Ricardo também vai estar amanhã. O CK dele estava muito alto, subiu um pouco, mas ainda não está bom. O Carleto ainda sente um pouco as costas e segue tratando. Se os dois tiverem respondendo positivamente vão jogar.

SEM PENSAR NA VANTAGEM DO EMPATE

- Depende muito. O mata-mata é jogado sempre com o regulamente debaixo do braço, diferente de uma competição longa. Você tem que jogar de acordo com o regulamento e é muito difícil pensar em empatar um jogo com esse time do Botafogo. Acontece por uma casualidade ou pelas grandes atuações do Jefferson. Foi assim contra o Ceará e o Bragantino. Em determinados momentos a bola bate no calcanhar e entra, já em outros você tropeça nela e vai para fora. Será um jogo duro. O time do Argel é guerreiro e será difícil, mas vai ser gostoso de jogar.

A COPA DO BRASIL É IMPORTANTE

- Eu tenho procurado sempre consultar a direção do clube sobre as pretensões e quando fomos contratados a pretensão era ficar entre os quatro primeiros no Campeonato Carioca e voltar à primeira divisão. Não foi me dito nada sobre a Copa do Brasil e eu sempre tenho perguntado a direção. Hoje nós vamos com o que temos de melhor e só não vai entrar aquele jogador que o departamento médico diga que não está bem. É uma situação muito clara que temos aqui e a direção do clube deixou claro que a Copa do Brasil é importante para nós.

MUDANÇA DE FOCO DO BRASILEIRO PARA A COPA DO BRASIL

- É um exercício muito bom para o profissional, é fantástico. Eu não vejo como uma coisa é ruim, principalmente para os meninos. O Clube está cheio deles e precisam dessa experiência.

DE OLHO NO FIGUEIRENSE

- É um time que joga muito pra frente e puxa muito contra-ataque e sobrecarrega a zaga o tempo todo. Temos que ter cuidado com tudo isso. É um bom time e não é a toa que veio ao Rio e fez um bom jogo.

RESERVAS NÃO, REFORÇOS

- Acho que todo momento é momento. Temos que pensar agora no Figueirense e na equipe que eles tem. Não vamos viver do passado, mas temos que ter um diagnóstico do time que éramos antes para prosseguir. Esse desafio é legal para a equipe, mostra para os jogadores que quem está na reserva é reforço.

JEFFERSON: A MURALHA NOS PÊNALTIS

- O gol fica muito pequeno com o Jefferson lá dentro. Quando o goleiro é muito agitado ele te dá a leitura, mas o Jefferson não, é gelado. Faz com que o jogador se vire e tenha que escolher o lado. A tranquilidade dele é grande e joga o peso para o batedor. Essa é a inteligência do Jefferson.

OCTAVIO EM EVOLUÇÃO

- O Octavio vem jogando bem e vem impressionando pela visão dele de jogo e a movimentação. Tomara que ele vá bem e espero que ele faça no jogo o que tem feito nos treinamentos. O Elvis retorna ao time e o Octavio vai fazer a estreia porque está nos impressionando. Ele vem pedindo passagem e eu já queria colocá-lo contra o Bragantino, mas não poderia colocá-lo naquela situação.

LATERAIS DA BASE SÃO ELOGIADOS

- O Diego (lateral-direito) trabalhou bem nessa semana, é um jogador de grande explosão. E também temos o Jean, que vem treinando com muito afinco e é uma opção.

LUIS HENRIQUE MONITORADO FISICAMENTE


- Tem duas coisas que fazemos, que é o CK e o controle do cansaço dele. A fisiologia faz isso muito bem e eu também tenho as minhas conversas com ele. É um cara muito equilibrado. Não sei se vai para o jogo todo, mas para começar a partida está bem.

LACUNA NO MEIO-CAMPO

- Se você pegar todas as escalações vai ver que a mudança é sempre pontual naquele setor. Entra o Daniel Carvalho, o Diego Jardel, o Elvis... Aqui estamos procurando uma peça e no restante do time estamos mais tranquilos.

Confira a galeria de fotos do treino desta segunda-feira nas imagens de Vítor Silva/SSPress!


Marcos Silva