notícia

Na força do conjunto

Com um a menos, Sub-20 vence o Duque de Caxias por 3 a 2 e cola no líder
Atualizado em 16-02-2014, 16h05

O Sub-20 do Botafogo foi até o Estádio de Los Lários, em Xérem, e venceu o Duque de Caxias por 3 a 2 em partida válida pela 8ª rodada da Taça Guanabara. Com um a menos desde o primeiro tempo, o Glorioso foi determinado e venceu com gols de Jean, Juninho e Jefferson. Com a vitória, o Alvinegro conquistou seu 17º ponto e se aproximou do líder Nova Iguaçu, que soma 19.

O desafio da próxima rodada será contra o Volta Redonda, quinta-feira, às 15h30. O jogo acontecerá em Várzea das Moças.

O JOGO

Botafogo e Duque de Caxias já estavam em campo, mas iniciaram a partida com doze minutos de atraso. Sem a presença de um médico, o árbitro sabiamente não autorizou o início da partida. Com a bola rolando, o Alvinegro foi primeiro ao ataque.

Aos 2, Moraes descolou passe por elevação e Allano bateu para a defesa do goleiro. Aos 17, o mesmo Allano avançou pelo meio e acionou Jhonson, que dentro da área, bateu para a fácil defesa do goleiro.

Em nova chance, aos 23, Leandrinho bateu firme da entrada da área e obrigou o goleiro a fazer grande defesa no canto. Pressão Alvinegra.

A partida ganhou outro contorno quando, aos 26, Allano foi expulso por reclamação e a equipe ficou com um a menos em campo ainda no primeiro tempo. O Botafogo não sentiu a desvantagem numérica. Pelo contrário, multiplicou forças e buscou resultado.

Aos 34, Jefferson lançou Jean, que acreditou em bola quase perdida pela linha de fundo, bateu com categoria e marcou. 1 a 0 Fogão!

O treinador Mauricio Souza modificou a equipe e substituiu Leandro por Juninho. A alteração fez efeito aos 38, quando Jefferson lançou Juninho na área, que antecipou o goleiro e ampliou. 2 a 0.

Glorioso resiste em campo e garante o triunfo na etapa complementar

A equipe alvinegra voltou concentrada e não demorou para ampliar o marcador. Aos 9, Jean cobrou falta na área e Jefferson marcou de cabeça o terceiro. 3 a 0.

Aos 13, o juiz interpretou como pênalti a roubada de bola limpa de Emerson. Douglas caiu no canto certo, mas não evitou o gol caxiense. 3 a 1.

A equipe da casa ainda fez o segundo em belo gol de bicicleta, mas não foi o suficiente para impedir a vitória do Botafogo.

Botafogo: Douglas; Erick, Emerson, Cazu e Jean; Dill, Jhonson, Leandro (Juninho) e Moraes (Dierson); Jefferson ( Luiz Henrique) e Allano
Treinador: Mauricio Souza

Marcos Silva