notícia

Com autoridade

Em Xerém, Sub-16 vence Flu por 2 a 0 e se torna líder isolado do Torneio Guilherme Embry
Atualizado em 23-06-2015, 14:45

Sem dar chances para o rival, o time Sub-16 do Botafogo derrotou o Fluminense pelo placar de 2 a 0, na manhã dessa terça, na casa do tricolor, em Xerém. A equipe comandada pelo técnico Daniel Barboza mostrou um bom futebol, dominou o jogo e com o resultado alcançado chegou a liderança isolada do Torneio Guilherme Embry com 9 pontos. Os gols alvinegros no duelo foram de Coutinho e Jean.

Já na próxima terça-feira(30/06), o Glorioso enfrenta um novo desafio diante o Flamengo, às 9h, pela quinta rodada competição dentro de casa, no CEFAT, em Várzea das Moças.

O JOGO

Clássico entre velhos conhecidos em Xerém. Em campo, as gerações do ano de 1999 de Botafogo e Fluminense que decidiram o campeonato carioca Sub-15 do ano passado. Naquela ocasião, melhor para a equipe alvinegra.

O histórico ficou apenas na lembrança, era um no jogo com uma nova história. Porém, o gostinho a mais na ponta da chuteira de cada atleta dos dois times era notável. Apito inicial e a equipe alvinegra tratou de assustar o time da casa indo logo ao ataque. Com menos de um minuto, Coutinho cabeceou com perigo e quase abriu o marcador.

Aos poucos, o Botafogo foi ganhando terreno e conquistando o domínio da partida mostrando um bom volume de jogo. Aos 18, Mateus Bastos pressionou a saída de bola tricolor, desarmou o zagueiro, avançou até a entrada da área e arriscou um chute forte, mas a bola passou a esquerda do gol adversário.

Matheus Bastos não marcou o dele, mas contribuiu para que Coutinho pudesse abrir o placar. Após boa jogada de Mateus pela direita, a joga chegou para Coutinho, dentro da grande área, fuzilar e sair para o abraço. Fluminense 0 x 1 BOTAFOGO. Um pouco depois, Coutinho quase guardou mais um ao 31. Bruno Ribeiro foi ao fundo e cruzou para Coutinho completar com bonito chute de chapa, mas a bola passou tirando tinta da trave.

Com o fim do primeiro tempo, as equipes foram aos vestiários para ouvir as instruções de seus treinadores. Na volta para a segunda etapa, a equipe tricolor voltou mais forte e cresceu na partida. Aos 10, em um avanço pela direita, o atacante chutou cruzado e fez o goleiro José trabalhar pela primeira vez.

A mudança de postura tricolor não durou muito tempo. Percebendo os crescimento do rival, Daniel Barboza fez algumas alterações para anular o poder ofensivo da equipe das Laranjeiras. Deu certo. O Glorioso recuperou o controle da partida, tanto que aos 17, Erick fez boa jogada para Jean que por pouco não acertou um belo chute no ângulo.

Era só um ensaio, pois o primeiro gol de Jean com acamisa alvinegra saiu mesmo só aos 25. Boa Jogada de Coutinho pelo meio, a bola chegou para o jovem que, com categoria, encobriu o goleiro. GOLAÇO! 2 a 0 Fogão no placar!  

Já com uma boa vantagem sobre o adversário, coube a equipe alvinegra administrar o resultado até o apito final. Nesse momento toda a tranquilidade de Guga, Bruno Ribeiro e Erick pelo meio, firmeza de Breno e Paulo na zaga e as opões de Willian e Lucas Barros pelas laterais, foram essenciais. Além disso, a entrada de Wendell, Diego, Renan, Paulo Henrique e Michel deu um fôlego novo para a equipe no fim.

Tudo acabado. Vitória com autoridade para mostrar que essa equipe possui um força baseada na coletividade e na união. Um novo título é o objetivo dessa garotada vencedora!

Botafogo: José; Willian, Paulo César, Breno(Diego) e Lucas Barros(Paulo Henrique); Guga, Bruno Ribeiro, Enrico(Jean) e Erick(Renan); Mateus Bastos(Wendell) e Coutinho(Michel). Técnico: Daniel Barboza.

Fabio de Paula