notícia

Vivo na disputa

De virada, Sub-20 vence Ceará por 2 a 1 e segue na luta por vaga na próxima fase do BR
Atualizado em 17-06-2015, 19:38

A tarde dessa quarta-feira no estádio Nilton Santos foi de confronto decisivo para a garotada Sub-20 do Fogão. Em partida válida pela terceira rodada do Grupo C do Brasileirão, o Glorioso derrotou o Ceará por 2 a 1 de virada e se manteve na briga por uma das duas vagas na fase seguinte do torneio. Lukinhas, autor dos gols alvinegros, foi o destaque do duelo.

O jogo também marcou a estreia do jovem Luis Henrique jogando por uma categoria acima. Vale lembrar, que a promessa alvinegra recebeu essa oportunidade após ter sido o destaque da Copa do Brasil Sub-17 desse ano, ao marcar 14 gols em 10 jogos.

Com os resultados, o grupo alvinegro ficou bastante embolado. Além do Botafogo, Palmeiras, Goiás e Cruzeiro, também possuem 4 pontos na tabela. O Ceará é o único que ainda não pontuou no grupo.

Na próxima quinta-feira(35/06), a equipe alvinegra terá um confronto complicado fora de casa contra o Cruzeiro, às 15h, em Sete Lagoas, Minas Gerais. a partida pode definir o futuro alvinegro no campeonato. Já que na última rodada, o time folga e todos os outros jogam.    

O JOGO

Sem ter muitas opções, Botafogo e Ceará foram a campo pensando única e exclusivamente na vitória, já que uma derrota para qualquer um dos lados deixaria a equipe perdedora em situação muito delicada, ficando praticamente fora da disputa por uma vaga na fase seguinte do torneio.

Sabendo disso, as duas equipes iniciaram o jogo de forma cautelosa e nos primeiros 10 minutos pouco aconteceu. No primeiro lance de perigo efetivo do jogo, pelo lado da equipe adversária, saiu o gol. Aos 12 minutos, o atacante cearense recebeu dentro da área e bateu colocado para abrir o placar. Botafogo 0 x 1 Ceará.

Aos 20, após o baque do gol sofrido, o Glorioso ainda perdeu um jogador. Leandro saiu lesionado e deu lugar a Gustavo. Um minuto depois, aconteceu a primeira boa chegada do Botafogo. Lukinhas pressionou a saída do rival, roubou a bola,  avançou até a linha de fundo e rolou para Luís Henrique dentro da pequena área. O camisa 9 dominou, mas na hora da conclusão escorregou. Mesmo caído o atacante finalizou, mas a defesa salvou em cima da linha.

O jogo esquentou e Glorioso foi para cima. Aos 23, Marcinho chegou ao fundo pela direita e cruzou para Luis Henrique antecipar a zaga cabeceando por cima do gol do Ceará. O jogo era lá e cá, Saulo salvou com as pontas dos dedos um chute forte de fora de área do atacante cearense aos 25.

Aos 35, Rabello, aproveitando escanteio cobrado por Lukinhas, acertou a trave. O gol de empate saiu mesmo só no fim da primeira etapa. O estreante Luis Henrique pressionou a saída de bola da defesa rival, conseguiu ganhar o lance, avançou e rolou para Lukinhas chegar de trás batendo. GOL DO BOTAFOGO! 1 a 1 no placar.

Sem dúvidas, o gol de empate do Glorioso veio no momento exato. A equipe foi para o intervalo ainda mais motivada e lá ouviu os conselhos do treinador do dia, França Junior, que é auxiliar técnico, mas hoje ficou à beira do campo pois Mauricio Ferreira cumpriu suspensão.

Na volta do vestiário, os meninos do Fogão vieram com força total e logo aos 3 minutos viraram o jogo. Yuri fez excelente jogada individual pela esquerda, foi ao fundo e cruzou para, novamente, Lukinhas aparecer no segundo poste e colocar no fundo do barbante. GOL DA VIRADA! 2 a 1 BOTAFOGO.

Mesmo na frente, o Glorioso não perdeu o ritmo forte. Um minuto após o gol, Gustavo achou Diego em ultrapassagem pela direita. O lateral chegou batendo firme cruzado e carimbou a trave cearense. O Ceará só conseguiu responder aos 18. Uma cabeçada com perigo pro chão obrigou o goleiro Saulo a trabalhar.

Diego, aos 30, teve mais oportunidade em chute de longe que passou sobre o gol. Marcelinho, aos 45, também tentou ampliar, mas o chute forte parou na boa defesa do arqueiro do Ceará no cantinho esquerdo.

Não dava tempo para mais nada. Apito final. Vitória que recoloca o alvinegro na disputa por uma vaga no embolado grupo C do Brasileirão. Fato que existem ainda muitas dificuldades para superar, mas para essa equipe dificuldade é motivação!

Botafogo: Saulo; Diego, Rabello, Jhonata e Yuri; Dierson, Arruda, Leandro(Gustavo) e Marcinho(Marcelinho); Lukinhas e Luis Henrique(Ribamar). Técnicos: França Junior/ Mauricio Ferreira

CONFIRA A GALERIA DE FOTOS DA PARTIDA:



Fabio de Paula