notícia

Botafogo 3 x 0 Mogi Mirim

Com autoridade, Fogão vence em casa e mantém a liderança
Atualizado em 05-06-2015, 23h42

 

 

 

 


Com segurança, autoridade e uma boa atuação, o Botafogo venceu o Mogi Mirim por 3 a 0, nesta sexta-feira, no Estádio Nilton Santos, e chegou a 16 pontos no Campeonato Brasileiro da Série B. Rodrigo Pimpão, Bill e Lulinha fizeram os gols do Glorioso, líder da competição.

Na próxima rodada, o Botafogo enfrenta o Oeste, terça-feira, fora de casa.

HOMENAGENS

Antes do jogo, Mendonça e Dé Aranha, ex-jogadores do Botafogo na década de 70 e integrantes do time detentor da maior invencibilidade da história do futebol brasileiro (52 jogos) entraram em campo e foram homenageados. Eles ainda entregaram a bola do jogo ao árbitro.

Botafogo x Mogi Mirim

O JOGO

O Botafogo começou a partida com a corda toda. Apesar dos desfalques de Jefferson, Thiago Carleto, Marcelo Mattos, Willian Arão e Sassá, o time saiu com tudo no início do jogo atrás de um gol para abrir o placar e o caminho da vitória.

Logo no primeiro minuto, Pedro Rosa foi ao fundo pela esquerda, cruzou, o goleiro cortou antes da chegada de Bill e Gilberto bateu firme, mas acertou a zaga. Aos 4, Roger Carvalho teve chance na área, porém a cabeçada saiu sem força e em cima da defesa. Aos 6, Camacho enfiou, Bill cruzou rasteiro e a bola passou por toda a área.

Após a blitz inicial, o jogo ficou equilibrado. O Mogi Mirim acertou a marcação e adotou a tática de esperar os contra-ataques, nos quais pouco levou perigo. Jogador mais perigoso do Botafogo na etapa inicial, Pimpão arriscou de longe para defesa do goleiro. Aos 29, ele recebeu lançamento longo, dominou na área e finalizou para fora, rente à trave.

Quando parecia que o primeiro tempo terminaria sem gols, o Botafogo trabalhou bem uma jogada para abrir o placar. Troca de passes, velocidade e precisão: Camacho tocou, Daniel Carvalho lançou Lulinha, que invadiu pela esquerda e cruzou rasteiro, na medida, para Rodrigo Pimpão marcar, ao 42. Botafogo 1 x 0 Mogi Mirim!

Se o adversário teve uma boa chance para empatar, com Henrique Motta, que mandou para fora sobra na marca do pênalti, o Botafogo não deu sopa para azar. Voltou para o segundo tempo e ampliou. Após escanteio da esquerda, Rodrigo Pimpão bateu forte, o goleiro Daniel rebateu e Bill aproveitou, aos 3. Botafogo 2 a 0!

O que já era bom ficou melhor aos 11. Gilberto fez boa jogada pela direita e rolou para Lulinha finalizar no canto e fazer o terceiro. Botafogo 3 x 0 Mogi Mirim!

Com a vitória assegurada, René Simões, que já havia colocado Luis Ricardo, pôs Tomas e Vinicius em campo. Sem sofrer qualquer ameaça, o Botafogo ainda quase chegou ao quarto, com Lulinha, Camacho e Pimpão. Aos 42, Luis Ricardo ainda fez belo lance pela esquerda, limpou dois e bateu para boa defesa do goleiro. No minuto final, foi Gilberto quem soltou a bomba, o goleiro desviou e a bola bateu na trave. 3 a 0, placar final!

GALERIA DE FOTOS (Vitor Silva / SS Press / BFR)

BOTAFOGO: Renan, Gilberto, Renan Fonseca, Roger Carvalho e Pedro Rosa (Luis Ricardo); Diego Giaretta, Camacho, Lulinha e Daniel Carvalho (Tomas); Rodrigo Pimpão e Bill (Vinicius). Técnico: René Simões.

Danilo Santos