notícia

Na mesma direção

Botafogo amplia integração e propicia a funcionários da Base estágio no Profissional
Atualizado em 14-02-2014, 16h40

Um modelo ousado, inovador e de muito sucesso no Botafogo. Desde 2009, com o presidente Mauricio Assumpção, o projeto de Escola de Futebol ganhou forma e rendeu frutos ao Futebol Profissional. Os resultados foram além da formação de atletas e, desde a promoção de Eduardo Hungaro para o Futebol Profissional em 2013, o clube potencializou a integração entre os profissionais que constroem o futebol alvinegro.

Com o intuito de trabalhar integrado dentro da mesma filosofia, o clube realizará períodos de estágio entre os profissionais da Escola de Futebol e o Futebol Profissional. A iniciativa do Gerente de Futebol Profissional Sidnei Loureiro abrangerá treinadores, auxiliares, preparadores de goleiro, preparadores físicos, supervisores e coordenadores técnicos e administrativos.

Primeiro participante de uma lista com quase cinquenta profissionais, Felipe Conceição, treinador da equipe Sub-17, ficará integrado ao profissional durante uma semana. Ao lado de Eduardo Hungaro e sua equipe desde segunda-feira (10/02), o profissional comentou sobre a experiência.

"Esta integração faz com que O clube crie um elo entre a base e o profissional, o que coloca as duas pontas na mesma linha de trabalho. Funciona como uma troca constante e tenho certeza que cada profissional que passar por isso trará o conhecimento e a cultura que o Botafogo trabalha no profissional", disse Felipe.

No clube desde 2013, o treinador agradeceu ao Botafogo pela oportunidade de crescimento profissional e valorizou a importância da iniciativa na sua carreira.

"É muito satisfatório ver o Eduardo Hungaro sair da Base e comandar a equipe profissional. Esta experiência também possibilita ver tudo que ele está enfrentando e como ele está reagindo diante deste novo desafio. É o sonho de qualquer treinador de Base. Sou grato ao Botafogo por esta oportunidade", falou o treinador do Sub-17.

Com a Palavra - Ney Souto - Gerente Geral da Escola de Futebol

Iniciativa - "É mais uma grande iniciativa do Sidnei Loureiro (Gerente Técnico do Futebol Profissional), que aproxima a Base do Futebol Profissional e deixa esta relação cada vez mais forte. Nossos funcionários passam constantemente por treinamentos e cursos, mas uma ação como essa faz com que os profissionais sintam-se cada vez mais valorizados dentro do clube".

Reconhecimento dos rivais - "O fato de o Eduardo Hungaro ter assumido a equipe principal valorizou nossa filosofia de trabalho e posso até afirmar que o Botafogo está sendo observado por funcionários de outros clubes. Não cabe citar nomes por uma questão ética, mas muitos ressaltam nossa metodologia de trabalho e demonstram interesse em fazer parte da nossa equipe".

Marcos Silva