notícia

No apagar das luzes

Com gol no fim, Sub-20 vence Fluminense por 1 a 0 e segue invicto na liderança da Taça Rio
Atualizado em 30-05-2015, 20:05

A equipe Sub-20 do Botafogo foi a campo na tarde deste sábado para enfrentar seu segundo clássico em sequência na Taça Rio. Jogando em casa, no CEFAT, em Várzea das Moças, pela oitava rodada do torneio, o Glorioso fez uma boa apresentação, criou diversas chances, mas só venceu a equipe tricolor por 1 a 0 com um gol no finalzinho da partida, marcado por Gustavo.

Com o resultado, a equipe alvinegra se manteve na liderança da competição, agora com 20 pontos, mesma pontuação do segundo colocado, o Flamengo, mas o Alvinegro leva a melhor sobre o rival nos critérios de desempate. Além disso, a equipe de Mauricio Ferreira segue sem perder nessa Taça Rio.

Na próxima rodada, o Glorioso terá como desafio o Tigres do Brasil, no próximo sábado(06/06), jogando no estádio de Los Larios, em Xerém. Antes disso, na quarta-feira(03/06) a equipe estreia no Campeonato Brasileiro Sub-20 diante do Palmeiras, no Estádio Nilton Santos, com entrada franca para a torcida.

O JOGO

Por conta dos jogos importantes de meio de semana pela primeira rodada do Brasileirão Sub-20, as duas equipes decidiram poupar algumas de suas peças nesse confronto. Porém, isso não diminuiu a tensão existente sempre entre um clássico Vovô.

A tensão era tanta, que o atleta camisa 10 do tricolor logo no início, antes dos 5 minutos de jogo, perdeu a cabeça e acertou uma braçada em Luiggi. O árbitro viu e expulsou o jogador.  

Com um a menos, o Fluminense se fechou em seu campo e Glorioso foi para cima. Aos poucos, o domínio alvinegro  dentro das quatro linhas ia ficando evidente, mas a equipe pecava no momento da conclusão. Paulo e Ribamar tiveram algumas boas oportunidades de marcar durante a primeira etapa, porém não conseguiram converte-las em gols.

O time das Laranjeiras, também teve sua chance e foi a mais clara, aos 25 em um pênalti, o atacante tricolor mandou a bola na trave.

Na segunda a etapa, só se inverteram as posições dos times dentro de campo, pois o cenário e a configuração continuaram os mesmo. O Alvinegro seguiu em cima, criando chances, mas falhando na hora de finalizar. O time visitante se manteve fechado e esperava uma bola. Assim Saulo, pouco trabalhou.

Aos 40, o Fluminense teve mais um expulso e com isso, a pressão alvinegra se tornou insustentável. De tanto bater, uma hora furou. No finalzinho, já nos acréscimos, Ribamar invadiu a área e foi derrubado quando ia driblando o goleiro. Pênalti para o Glorioso. Gustavo pegou a bola, bateu e converteu para alivio geral. 1 a 0 BOTAFOGO!

Apito final. Vitória suada, na base da persistência, mas que garante o time mais uma rodada na primeira colocação e deixa para trás um rival direto por uma vaga entre os quatro melhores.

Botafogo: Saulo; Marcinho, Jhonata(Lima), Kanu e Moraes; Dierson, Luiggi(Erick), Gustavo e Lukinhas(Marcelinho); Paulo e Ribamar. Técnico: Mauricio Ferreira

Assessoria de Imprensa