notícia

Desafios distintos

Com mudanças, Botafogo viaja para jogos contra Figueirense e Atlético Goianiense
Atualizado em 19-05-2015, 11:45

O Botafogo inicia nessa terça-feira a maratona de viagens para os jogos pela Copa do Brasil, quarta-feira, em Florianópolis, diante do Figueirense, e contra o Atlético Goianiense, sábado, em Brasília. Em entrevista coletiva, o treinador René Simões despistou quanto ao time titular, mas confirmou as ausências de Marcelo Mattos, Daniel Carvalho, Alisson e Sassá. Ambos ficarão no Rio.

Confira os principais trechos da entrevista coletiva de René Simões:

JOGO DIFÍCIL CONTRA O FIGUEIRENSE

- Depende do que você imagina como complicado. É um bom time e conseguiram passar pelo Avaí com duas formas de jogar. Normalmente no segundo tempo eles fazem uma outra forma interessante de jogo e isso já está mapeado. Temos que estar em alerta.

QUEM JOGA?


- Vamos avaliar cada jogador e conversar com eles. A relação já está feita e obviamente não será como foi contra o Botafogo-PB e Capivariano. Agora a competição chega em outro nível.

SASSÁ

- O Sassá teve uma lesão na face do pé esquerdo e está fora. Não se tem parâmetro para essa cura e tomara que seja rápido.

AUSÊNCIAS DE MATTOS E DANIEL CARVALHO

- O Mattos está com dores musculares e sempre olhamos com cuidado. O Daniel Carvalho está com uma virose, mas já está medicado e espero que viaje na quinta-feira. Não começaria o jogo com o Daniel por ele ter jogado 60 minutos contra o CRB. Tem que ser aos poucos.

PADRÃO DE JOGO ALVINEGRO


- Se você perguntar ao torcedor ele vai escalar o time do Botafogo e vai engasgar apenas em dois lugares. A dúvida fica só no meio-campo, depende de quem vai estar bem. Temos repetido bastante a equipe, o que só não acontece por contusão.

LULINHA

- Eu o conheço bem. O Lulinha trabalhou comigo no Bahia e não está aqui por acaso. O grupo do Botafogo é diferenciado, extremamente trabalhador e acolhedor. É um profissional e sempre foi assim.

SEM ABRIR MÃO DO GOL

- O Botafogo não consegue jogar sem querer fazer o gol. Isso está no DNA ofensivo da equipe. Vamos jogar pelos gols, quantos eu não sei. Precisamos correr riscos e vamos jogar contra uma equipe qualificada e com uma força grande. O jogo será no Sul e pode ser que esteja frio também. A questão da pressão eu acho ótima porque nos prepara ainda mais para o campeonato brasileiro.

DE OLHO NOS ARTILHEIROS DA BASE

- Nós estamos com muita prudência nas contratações porque temos dois jogadores que estamos observando e vamos dar uma testada antes de tomar uma decisão. Um é o Vinicius Tanque, que já está aqui conosco e o Luis Henrique do Sub-17, que fará hoje a final da Copa do Brasil Sub-17. Estamos mapeando o mercado com cautela, mas vamos olhar com calma para testar e ver o momento certo para colocá-los. A idade não quer dizer que eles sejam inexperientes e o que importa é a maturidade do jogador. Vamos testá-los.

ROGER CARVALHO

- Ele ainda não fez nenhum coletivo e não tem essa necessidade de viajar agora. O Chico Santos, meu auxiliar, ficará com ele aqui no Rio e fará um coletivo contra os juniores.

ATLÉTICO GOIANIENSE, O ADVERSÁRIO DA SÉRIE B


- O Atlético Goianiense também joga amanhã contra o América de Natal. No jogo de ida eles perderam por 4 a 2 e terão que fazer um grande esforço. Chegaremos iguais fisicamente para o jogo de sábado.

Confira a galeria de fotos do treino desta terça-feira nas imagens de Vítor Silva/SSPress!


Marcos Silva