notícia

Pode contar com ele

Sinônimo de regularidade, Willian Arão não quer ficar de fora do time alvinegro
Atualizado em 18-05-2015, 12:32

Um dos reforços do Botafogo para a temporada, o volante Willian Arão encaixou  perfeitamente no time de René Simões e, aos poucos, vai se firmando através da sua regularidade em campo. Um dos atletas que mais atuou com a camisa alvinegra, o jovem volante só quer saber de jogar e deu o recado para o treinador René Simões: quer enfrentar o Figueirense pela Copa do Brasil.

- Ele disse que vai ver com a parte física e tomar uma decisão para esse jogo. Eu quero jogar todos os jogos e se tiver que jogar bolinha de gude com a camisa do Botafogo, eu jogo. Sou funcionário e estou bem fisicamente. Quero jogar todos os jogos - disse Arão, que já marcou três gols com a camisa alvinegra.

Após a vitória por 4 a 1 contra o CRB, sábado no Estádio Nilton Santos, o Glorioso treina para a jornada de dois jogos contra Figueirense, pela Copa do Brasil, e Atlético Goianiense, no sábado, em Brasília. Pensando jogo a jogo, Willian Arão volta o foco para o Figueirense e espera um jogo difícil diante de um adversário que também chegou à decisão do Estadual.

- Entramos para dar o nosso melhor em todos os jogos. É um jogo que não se define em 90 minutos e fazer um gol na casa do adversário será muito importante para nós. Vamos entrar pensando em fazer o nosso melhor para sair com um bom resultado. O Figueirense chegou na decisão do Estadual e será um jogo muito difícil. Temos que nos portar bem e controlar o jogo para sair com esse resultado positivo - reforçou o volante.

Com o foco da temporada voltado para o retorno à elite do futebol, o único caminho do Botafogo para retornar à Copa Libertadores, disputada pelo clube em 2014, é a conquista da Copa do Brasil. Willian Arão coloca a Libertadores como um sonho para o clube, mas joga com os pés no chão e só pensa no Figueirense.

- A gente não pensa, como não pensamos desde o começo do ano. Nosso mantra é pensar jogo a jogo e desde a pré-temporada nós trabalhamos assim. Agora temos que pensar primeiro no Figueirense. Claro que levar o time novamente à Libertadores é um sonho para nós, mas não é o nosso principal pensamento agora - disse Arão

Um dos jogadores mais regulares de René Simões, o jovem Willian Arão é a peça-chave no meio-campo alvinegro. Firme nos desarmes e uma boa opção na armação das jogadas, o camisa 8 eleva seu rendimento a cada jogo. Já são três gols com a camisa alvinegra, além dos bons números de acerto de passe. Pontos valorizados pelo treinador e importante para o grupo.  

- Estou feliz e vivo um momento importante na minha vida. O professor até brincou que esse ano estou batendo recorde, já são três gols. Consegui evoluir na parte técnica e em alguns jogos eu tenho uma porcentagem de passe superior a 90%. Esse é um bom momento na minha vida e eu espero a dar continuidade - comemorou.

Satisfeito com o bom começo da equipe na temporada, Arão vê o Botafogo no caminho certo, resgatando o orgulho do seu torcedor e fazendo grandes jogos. Um bom indicador para um fim de ano glorioso.

- Quando nós chegamos aqui muita gente falou que só estavam contratando jogadores de Série B, desconhecidos. Fomos para os clássicos no Carioca com personalidade e chegamos na decisão com méritos. O time se portou bem e conseguimos recuperar a moral do torcedor mesmo com a derrota. Vamos começar a fazer grandes jogos de novo e isso é importante para o grupo - finalizou.

Marcos Silva