notícia

Satisfeito

Sassá destaca boa exibição dos garotos da base e comemora gol contra o Capivariano
Atualizado em 30-04-2015, 03:30

O Botafogo foi até Capivari, no interior de São Paulo, e venceu o Capivariano por 2 a 1 no jogo de ida da segunda fase da Copa do Brasil. Autor do primeiro gol do jogo, logo aos cinco minutos, Sassá ressaltou a boa estreia dos valores da base e comemorou seu segundo gol na Copa do Brasil.

- Fiquei bastante satisfeito pelo gol e também por conseguir essa vitória. Foi um jogo muito difícil e nosso time nunca havia jogado junto, mas conseguimos compreender o que o Alfredo nos passou e saímos daqui com uma boa vitória. Agora vamos matar em casa se Deus quiser e conseguir a classificação - disse Sassá, formado nas categorias de base do Glorioso.

Com o time titular poupado para a finalíssima do Estadual, o Botafogo viajou para a Copa do Brasil com um time jovem e cinco atletas que integram o elenco Sub-20. O zagueiro Emerson e o lateral-direito Diego foram titulares e tiveram atuações destacadas. Sassá elogiou a postura dos jovens e colocou a participação dos garotos como fundamental para a vitória.

- Ajudaram muito. Falei com o Diego antes de começar o jogo para ele ficar tranquilo quanto ao tipo de jogo no profissional. Ele foi feliz no cruzamento e eu pude fazer o gol. Só tenho que parabenizar a base do Botafogo, esses moleques entraram bem e conseguiram suprir a nossa necessidade - elogiou o atacante.

O Botafogo saiu na frente do Capivariano, sofreu o empate e virou com o gol do estreante Daniel Carvalho. O jogo que decide a classificação acontecerá na próxima quarta-feira, às 22h, no Estádio Nilton Santos.

- O jogo foi muito difícil, ainda mais por nunca termos jogados juntos. Creio que o René assistiu o jogo e ficou satisfeito com tudo que fizemos aqui - finalizou Sassá.

O próximo desafio do Botafogo será pela final do Campeonato Estadual, domingo, às 16h, no Maracanã. Com o revés por 1 a 0 para o Vasco no primeiro jogo, o Glorioso terá de vencer por dois gols de diferença para ser campeão. Uma vitória por 1 a 0 leva a decisão para os pênaltis.

Marcos Silva