notícia

Em duas frentes

Bolatti ressalta importância de vencer o Friburguense para a tabela e para motivar
Atualizado em 07-02-2014, 18h00

Com uma expectativa alta depositada sobre ele, principalmente após os elogios do técnico Eduardo Hungaro, Bolatti jogou apenas na vitória do Botafogo por 2 a 1 sobre o Madureira, com boa atuação. Um problema em um dedo do pé direito o afastou das outras partidas. Recuperado, o volante já treina normalmente e deve começar o jogo contra o Friburguense, neste sábado, em Moça Bonita.

No último treino técnico e tático antes da partida, enquanto quem jogou contra o Deportivo Quito (EQU) se exercitava na academia, Eduardo Hungaro armou o time com: Renan, Alex, Dankler, André Bahia e Anderson (Allano); Rodrigo Souto, Bolatti, Renato, Gegê e Daniel; Elias.

O argentino Bolatti vive uma boa expectativa para a partida, válida pelo Campeonato Carioca Guaraviton, e destaca a importância da vitória.

"Estou me sentindo bem, aos poucos treinando com o grupo. É importante esse jogo para ir pegando o ritmo. Aqui não tem time titular ou reserva, o Botafogo encara as como duas competições importantes e tem plantel para fazer frente. O jogo vai ser importante se conseguirmos somar os três pontos para ficar mais perto das primeiras posições", declarou Bolatti, que pede reação imediata.

"Precisamos de uma recuperação no Estadual, conseguir uma vitória. Estamos conscientes disso. Estamos treinando muito bem para começar a se posicionar melhor no Carioca. E todo mundo quer jogar também a Libertadores, esses jogos são importantes para todos se mostrarem", lembra.

Confira as melhores imagens de Vitor Silva / SS Press / BFR!




Danilo Santos