notícia

Taça Guanabara Sub-20

Em 1ª jogo da semi, Botafogo e Fluminense ficam no 0 a 0 e decisão será sábado que vem
Atualizado em 11-04-2015, 00:00

No primeiro tempo da partida de 180 minutos que definirá quem será um dos finalistas da Taça Guanabara Sub-20, ficou tudo igual. Na preliminar deste sábado no Maracanã, Botafogo e Fluminense fizeram um jogo movimentado mas não saíram do zero.

Agora as duas equipes terão uma semana inteira de trabalho para se preparar visando o segundo e decisivo confronto no próximo sábado, às 16h15, com local ainda a ser definido.

O JOGO

Não é de hoje que Botafogo e Fluminense se enfrentam em partidas decisivas. Nos últimos anos, os dois clubes duelam em um clássico entre as melhores bases do futebol carioca e o equilíbrio toma conta do embate.

Sem fugir a regra, o confronto valendo vaga na final da Taça GB não foi diferente. O jogo se mostrou equiparado desde o começo. A primeira chance foi tricolor, aos 4 minutos, Saulo defendeu um chute forte do atacante rival. Aos 10, Vinicius Tanque respondeu ao ir a linha de fundo e bater cruzado, obrigando a intervenção do goleiro.

Aos 13, Yuri fez boa jogada pela esquerda, levou para o meio e encontrou Lukinhas na entrada da área. O meia bateu colocado, a bola desviou na zaga e passou bem perto do ângulo tricolor.

Do meio para o fim da primeira etapa, o jogo seguiu bastante movimentado, mas sem chances efetivas de gol. O Fluminense era um pouco melhor, tanto que aos 36, teve uma chance clara em um contra-ataque veloz mas Saulo fez uma brilhante interceptação cara a cara.

No intervalo, o técnico Mauricio Ferreira fez algumas correções na equipe e cobrou mais atitude. Os jovens voltaram mais atentos e assustando logo aos 2 minutos com Luiggi de fora da área. Pachu teve mais uma oportunidade aos 17, o atacante recebeu na área e na hora da finalização foi abafado pelo arqueiro adversário.

O confronto seguiu intenso, muito equilibrado e disputado, mas as chances claras de finalização pouco apareceram. No fim, o Fluminense arriscou em uma falta que deu trabalho para Saulo e pelo lado alvinegro, Vinicius Tanque quase marcou após passe de Yuri pela esquerda, porém o placar permaneceu inalterado até o fim.

Final de partida. Tudo indefinido, a única certeza é a da promessa de mais um grande jogo no próximo sábado.

Botafogo: Saulo; Diego, Rabello, Emerson e Yuri; Dierson, Luiggi(Arruda), Rafael(Moraes) e Lukinhas; Paulo(Pachu) e Vinicius Tanque.
Técnico: Mauricio Ferreira

Fabio de Paula