notícia

Pé na forma

Carleto atribui golaço de falta ao treinamento e parabeniza a equipe
Atualizado em 05-04-2015, 21:40

A combinação entre chute violento, perna esquerda e gol atende por um nome no Botafogo: Tiago Carleto. Após marcar de falta na reabertura do Estádio Nilton Santos, o lateral-esquerdo voltou a balançar a rede na goleada por 4 a 1 sobre o Madureira, neste domingo. E como estufou a rede! Carleto acertou uma cobrança de 130km/h que iniciou a reação do time na partida.

- Tive a felicidade de pegar bem na bola e venho treinando muito para isso. Mas o mais importante foi ter dado a largada para os 4 a 1. O jogo no primeiro tempo estava muito difícil e acho que a gente conseguiu colocar a cabeça no lugar, voltar para o segundo tempo e voltar mais leve. Fico feliz pelo gol e mais ainda pela vitória diante de uma equipe que vem dificultando durante o campeonato e dando trabalho aos times grandes - disse o lateral.

Botafogo x Madureira
'Patada' de Carleto chegou aos 130km/h. Foi o segundo gol do lateral no Carioca. (Foto: Vítor Silva/SSPress)

Um dos destaques do Botafogo na virada sobre o Madureira, o lateral-esquerdo falou sobre a cobrança vinda da arquibancada, principalmente com a derrota parcial no fim do primeiro tempo. Carleto entende a reação dos alvinegros e reforça que o elenco está ao lado dos botafoguenses para reerguer o clube na temporada.

- A torcida está nos cobrando e o nosso time às vezes se assusta por ser muito novo. Eu já estou um pouquinho mais calejado e assumo essa responsabilidade sem problema nenhum. Dentro do campo eu faço aquilo que vai ser o melhor para a minha equipe. Se der certo a torcida vai aplaudir. Nós estamos com eles e estão cobrando porque estão vendo um potencial no time - disse.

Ficou claro diante do Madureira o poder de reação do Botafogo. O time de René Simões voltou forte para o segundo tempo e conseguiu reverter o quadro mesmo atrás do placar e diante de um adversário perigoso. Carleto destacou a luta da equipe mesmo com desfalques e reforçou a força do time quando se fecha pelo resultado.

- Acho que o trabalho está sendo feito de maneira excepcional. Temos sofrido com algumas lesões e agora também começaram as viagens... Acho que o nosso grupo é muito forte e bom. O professor René sabe das nossas limitações, mas também conhece nossas qualidades. Quando jogamos juntos é difícil de nos bater - enfatizou o lateral-esquerdo.

Com a classificação garantida no Estadual, Carleto projeta um final de competição forte para o Botafogo. Na 2ª colocação na tabela, o atleta sabe que o título da Taça Guanabara não depende só do Alvinegro, mas reforça que o Glorioso seguirá até o final com força máxima.

- Estamos no caminho certo e se for da vontade de Deus nós vamos ser coroados com esse título do primeiro turno. Não depende só de nós e a nossa parte nós fizemos hoje. Se nos for concedida essa chance, nós decidiremos um título contra o Macaé. Caso não dê, temos uma grande oportunidade de buscar o campeonato carioca. Estamos preparados e quando chegar no quadrangular final teremos o retorno de alguns jogadores que ajudarão bastante - encerrou Carleto.

O Botafogo encerra a primeira fase do Campeonato Carioca na quarta-feira, diante do Macaé, às 22h, no Estádio Nilton Santos.

Marcos Silva