notícia

Polivalente

Diego Giaretta descobre funções no Botafogo e garante esforço para ajudar o grupo
Atualizado em 30-03-2015, 21:16

O torcedor do Botafogo conhece bem Diego Giaretta, que esteve no clube em 2009, se destacou e retornou em 2015. E quando o assunto é a posição em campo, os alvinegros podem até ficar na dúvida, mas de forma positiva. Zagueiro de origem, Giaretta foi improvisado como volante por René Simões no clássico contra o Vasco e teve boa atuação. O jogador falou sobre a nova experiência.

- Desde que o professor me disse que a ideia era me utilizar como volante, disse a ele que poderia contar comigo. Entrei confiante com o apoio dele e da comissão. O mais importante é que eu pude ajudar o Botafogo naquela área do campo, uma experiência nova pra mim - contou Diego.

Giaretta teve uma boa passagem pelo Botafogo em 2009, clube que ficou marcado na sua carreira como um local de novas experiências. Jogando de lateral-esquerdo ganhou projeção nacional, e agora, com René Simões, experimentou o jogo como volante e foi elogiado pelo treinador.

- No Botafogo eu joguei pela primeiro vez como lateral-esquerdo e fiquei conhecido assim. Agora estou de volta e já joguei como zagueiro e até volante. Fico feliz por conseguir jogar e,  se estamos comprometidos,  vale todo sacrifício para que a instituição Botafogo vença - disse Giaretta.

Diante do Vasco Giaretta foi peça fundamental e, mesmo improvisado, acertou o travessão vascaíno, além de boas intervenções na defesa. O atleta comemorou o bom desempenho e frisou que o mais importante no momento é pensar na Copa do Brasil.

- Temos o interesse na Copa do Brasil e vamos dar o nosso melhor. O René vai preservar alguns jogadores, o que tem funcionado na nossa equipe já que quem entra dá conta do recado. Temos uma final no domingo, mas vamos para a a estreia na Copa do Brasil pensando só nesse jogo - alertou.

Na 2ª colocação no Estadual, o Botafogo terá um jogo importante diante do Madureira, no fim de semana, no duelo que pode garantir a classificação. No entanto a Copa do Brasil bate à porta e uma vitória por dois ou mais gols de diferença pode eliminar o jogo da volta e ajudar o Glorioso nos confrontos decisivos. Giaretta pensa na possibilidade, mas prega cautela.

- Nós temos um foco no Estadual e vamos sentir isso no jogo. Se pudermos fazer os dois gols na Copa do Brasil com certeza nós vamos fazer, mas sabemos que o jogo é de 180 minutos. Tivemos dificuldades contra Cabofriense e Barra Mansa e diante dessas experiências nós estamos preparados. Vamos jogar o jogo e torcer para uma classificação antecipada - projeta o zagueiro.

Botafogo-PB e Botafogo se enfrentam na quarta-feira, no Estádio Almeidão, em João Pessoa, na Paraíba. Em caso de vitória por dois ou mais gols de diferença, o Glorioso elimina o jogo da volta. Do contrário, a segunda partida será realizada no Rio de Janeiro.

Marcos Silva