notícia

Segue o jogo

René Simões encerra assunto do vestiário e só pensa no clássico contra o Vasco
Atualizado em 27-03-2015, 19:47

"Não deixo de resolver um problema quando ele acontece e agora está tudo certo" - essa foi a frase dita por René Simões para encerrar o 'assunto do vestiário' com o VP de Futebol Antonio Carlos Mantuano. Tudo foi acertado após uma reunião em General Severiano entre o treinador, Mantuano e o Presidente Carlos Eduardo Pereira. Líder do Estadual, o Botafogo vai para o clássico contra o Vasco focado e livre de qualquer incômodo.

- Nós fizemos onze jogos sem nenhum problema. No 12º aconteceu um incidente, coisas que não deveriam acontecer, mas acontecem nas melhores famílias. Sentamos, colocamos os pontos de vista, resolvemos e vamos para o clássico sem problemas. Eu não guardo mais do que uma pedra na minha mão e vou seguir tranquilo. Nunca deixo de resolver um problema quando acontece e agora está tudo certo - disse o treinador em entrevista coletiva.

Confira os principais trechos da entrevista coletiva de René Simões após o treino desta sexta-feira:

TUDO NA PAZ

- O que fortalece um grupo é sempre esse movimento de paz e harmonia. A discórdia nunca resolve nada e o presidente Carlos Eduardo conduziu tudo de uma forma bem cordial. O Mantuano esteve aqui, conversou com os jogadores e agora está tudo limpo.

CLÁSSICO CONTRA O VASCO

- São dois clubes de muita tradição. O Vasco representa uma colônia muito forte e o Botafogo com essa tradição de ser o time que mais cedeu jogadores para a seleção brasileira. É muito legal, estive em dois shoppings ontem e ouvi de vascaínos e botafoguenses sobre o jogo. É uma rivalidade saudável e boa.

ELOGIOS AO DORIVA

- É um adversário difícil e o Doriva arma o time bem. É um treinador que eu tenho uma grande consideração e gosto muito dele. É jovem e é legal ver seu sucesso no Vasco. Será um belo jogo.

PREVENÇÃO IMPORTANTE

- O Carleto e o Gilberto fizeram uma parte do treinamento de quinta-feira. O Gilberto recebeu uma pancada no tornozelo e foi poupado. Já temos alguns problemas e eu não quis ter mais um para o jogo.

O BILL BATE

- O Bill é o meu batedor. Ele bate daquela maneira e infelizmente perdeu o pênalti. Não deveria ter acontecido, mas aconteceu.

O PONTO FORTE DE RENÉ

- Dentro de campo é que eu sou mais forte. Trabalhando com eles, mostrando detalhes e buscando decisões. O jogador de hoje é mais inteligente, quer saber o que você faz e eu gosto de treinar o jogo. A gente conversa e vai para o campo e isso faz parte do aprendizado.

FECHADOS COM O PROFESSOR


- Eu acho que o que faz eles acreditarem em mim é que o trabalho. Em três jogos o nosso departamento de análise de desempenho indicou os pontos que precisavam ser ajustados e eles identificaram isso dentro do jogo e corrigiram. Quando isso acontece você ganha o grupo e é muito bom quando funciona assim, te joga pra cima.

ESPERAR PARA VER

- Eu digo que a única certeza que eu tenho é que o filtro solar é bom. Vocês sabem que eu não sou de fazer isso. Ainda não sei a situação do Jardel e também do Pimpão, que não foi ao campo hoje.

TREINO DE SÁBADO PARCIALMENTE ABERTO

- Pela primeira vez eu quero fazer um treino sem vocês da imprensa nos observando. Amanhã eu vou fechar as minhas dúvidas. Isso não ganha jogo, mas tenho muita coisa para resolver amanhã. A entrada vai ser liberada às 11h30.

MAIS UMA FINAL DE COPA DO MUNDO

- Não sei se vou considerar como um divisor de águas ganhar do Vasco. É importante vencer clássicos e você começa a conhecer quem é quem nesses jogos. Esse será um jogo muito difícil.

LIDERANÇA DO NOVO BOTAFOGO


- Claro que é uma surpresa. O Botafogo é o único dos quatro que não saiu da zona de classificação desde o começo do campeonato. Não imaginávamos, mas isso nos faz parte e nos coloca nessa briga.

PREMIAÇÃO AO CAMPEÃO DA TAÇA GUANABARA

- Um milhão de reais não resolve a situação do Botafogo, mas ajuda. Estamos correndo atrás do título e, se ele não vier, vamos continuar trabalhando.

RENAN E A SEGURANÇA NO GOL

- Só tomamos um gol sem o Jefferson e o Renan está indo bem. Lógico que ele faz falta, mas o Renan tem correspondido, inclusive na participação no jogo. Jefferson tem sido um bom professor para ele e o Renan jogará novamente como capitão.

RENÉ COM A BOLA NOS PÉS?


- Eu adoro isso e gosto de participar de tudo nos treinos. Tive uma distensão jogando uma pelada dias antes de me apresentar no Botafogo e estou me segurando um pouco. Gosto muito de participar.

Confira a galeria de fotos do treino desta sexta-feira nas imagens de Satiro Sodré/SSPress!


Marcos Silva