notícia

Voltou e marcou

Roger Carvalho comemora retorno ao time com gol e pede foco total contra o Vasco
Atualizado em 26-03-2015, 18:51

O empate em 1 a 1 diante do Barra Mansa não foi o resultado que o Botafogo esperava, mas manteve a equipe na liderança do Campeonato Estadual. Nem tudo foi perdido e o jogo ficou marcado para o zagueiro Roger Carvalho, que retornou ao time após quatro partidas e marcou o gol do Glorioso, seu segundo no Cariocão.

- Fiquei quatro jogos recuperando e voltar fazendo gol é bem legal. Não vou falar que estava prevendo isso, mas foi especial. É uma boa surpresa ter dois gols no campeonato, já subiu a média - comemorou Roger.

Líder do Estadual com 29 pontos, o Botafogo viu a concorrência pela ponta da tabela aumentar. Vasco e Flamengo encostaram na tabela, o que faz o clássico contra o cruzmaltino, domingo, no Maracanã, ganhar um peso ainda maior.

- Será um jogo truncado, com as duas equipes brigando pela liderança. Será muito difícil porque os dois vão querer vencer. O jogo mais importante é sempre o próximo e agora que está afunilando será mais difícil ainda. Temos que manter a concentração para irmos bem até o fim - prevê o zagueiro.

Confira os principais trechos da entrevista coletiva de Roger Carvalho no Estádio Nilton Santos:

REFORÇOS CONTRA O VASCO

- São jogadores que estão jogando o campeonato todo, sabem como o time joga e vão acrescentar muito ao time. Vale ressaltar que o Jean entrou muito bem, mas o retorno deles é muito importante nessa reta final.

COBRANÇA NO ALVINEGRO

- É uma cobrança natural que existe em todos os clubes, ainda mais no Botafogo. Sabemos que poderíamos ter feito um jogo melhor e estamos acostumados com isso. A cobrança não escolhe a hora certa para vir e todo treino e jogo é uma cobrança diferente.

BOLA PRA FRENTE

- Depois do jogo não tem mais o que fazer. Às vezes perdemos, empatamos ou ganhamos. Acabou e esse papo com o René já foi e sempre analisamos no que podemos melhorar. Não mudou nada em relação aos outros jogos e vamos buscar melhorar para a próxima partida.

O PESO DA LIDERANÇA

- Escutamos essas perguntas e parece que perdemos o jogo ou fomos goleados. É uma cobrança normal e tudo aqui ganha uma repercussão maior. O futebol é assim e isso é a consequência de uma partida que não foi boa. Agora nós temos o jogo contra o Vasco para mudar isso.

ZAGUEIRO-ARTILHEIRO

- É importante ajudar a equipe e nós zagueiros trabalhamos bastante a bola ofensiva também. É um diferencial do nosso time e vamos continuar trabalhando para seguir surpreendendo.

BILL

- Ele é o nosso batedor oficial e já fez muitos gols na carreira batendo dessa maneira. Se o goleiro fosse para o outro lado e a bola entrasse, ninguém falaria nada. O goleiro escolheu o canto e acerto, mas o Bill tem crédito para bater quantos pênaltis tiver. É um goleador.

CAMINHO NATURAL

- Não só o Botafogo, mas todos os outros grandes também não jogaram bem e venceram todos os jogos. Temos que ter tranquilidade e os adversários tem méritos também. Estamos fazendo de tudo para vencer e convencer como fizemos em várias partidas, mas os adversários vão nos conhecendo e isso dificulta mais o jogo. Creio que estamos no caminho certo.

CONFIANÇA NO ELENCO


- Temos um grupo montado para subir para a Série A novamente. Ainda estamos no Estadual e todo mundo já pensa lá na frente, mas estamos preparados para encarar esse ano difícil, e que seja bom para o Botafogo.

Marcos Silva