notícia

Para conquistar a torcida

Sem pressa, Renan Fonseca busca o reconhecimento dos alvinegros com boas atuações
Atualizado em 13-02-2015, 15:55

Com apenas dois gols sofridos em quatro rodadas, a defesa tem sido um dos pontos fortes do novo Botafogo 2015. Com a segurança de Jefferson mantida na meta, a dupla de zagueiros formada por Renan Fonseca e Roger Carvalho tem somado boas atuações. Camisa 4, o zagueiro Renan Fonseca falou sobre a crescente da defesa alvinegra.

- A equipe vem passando por uma reformulação e todos estão se conhecendo. O sistema defensivo começa desde lá da frente e isso vem nos ajudando a sofrer poucos gols. Quando nós damos uma vacilada, o que é normal no começo, chega no Jefferson e ele acaba fazendo grandes defesas. Vamos crescer como equipe para conquistar nossos objetivos - disse Renan Fonseca.

Se a defesa vai bem, Renan Fonseca atribui parte considerável do sucesso ao goleiro Jefferson. O zagueiro acredita que o capitão impõe respeito em campo e deixa a zaga mais confiante dentro de campo.

- Acho que ali atrás a maior referência sempre será o Jefferson. Isso acaba tirando um peso das nossas costas e esperamos estar entrosados para sofrer o menor número de gols. O torcedor vai admirar o nosso trabalho e só o tempo vai dizer isso - confia Renan.

Xerife quando atuava pelo Santa Cruz, Renan Fonseca sabe da importância de Jefferson para o grupo, mas ressalta que a responsabilidade não pode cair somente nos ombros do camisa 1.

- Antes de vir para o Botafogo eu tinha um certo receio de como ia ser jogar com um jogador do nível do Jefferson, mas logo que eu cheguei aqui eu tive uma boa surpresa, é um cara simples, que conversa bastante e chama a responsabilidade. Não podemos jogar tudo nas costas dele e, apesar de estar chegando agora, temos que dividir isso - disse o camisa 4.

Renan Fonseca sabe que as atuações seguras são bons indicadores, mas que o time tem que corresponder também nos jogos contra adversários mais difíceis. O primeiro grande teste será no primeiro clássico do ano, contra o Flamengo.

- O torcedor gosta de clássico, jogo grande, e para nós não é diferente. Gostamos de jogar esse tipo de jogo. Sou um jogador muito frio e calmo, procuro me posicionar bem e tenho um bom tempo de bola. No dia a dia eu tenho certeza que o torcedor vai estar nos conhecendo e vão abraçar o time porque estamos formando um grupo forte - finalizou Renan.

Marcos Silva