Botafogo 1 x 2 Red Bull Bragantino

Arbitragem erra de novo e Fogão perde jogo no Nilton Santos

Atualizado em 16-11-2020 às 22:00

Pelo segundo jogo seguido, o Botafogo perde nos minutos finais devido a um pênalti mal marcado pela arbitragem. Nesta segunda-feira, o time foi derrotado por 2 a 1 pelo Red Bull Bragantino, no Estádio Nilton Santos, pelo Campeonato Brasileiro, e seguiu com 20 pontos.

O próximo adversário é o Fortaleza, domingo, no Estádio Nilton Santos.

O JOGO

No primeiro jogo da comissão técnica de Ramón Díaz, o auxiliar Ramón Díaz ficou na beira do campo. O Botafogo se mostrou mais vibrante no início e pressionou, com ou sem a bola.

Com o abafa inicial, o Botafogo ameaçou em chute de Caio Alexandre e cabeçada de Marcelo Benevenuto, ambas para fora. Aos 19, Victor Luis cobrou falta colocado e Cleiton espalmou por cima.

Em uma boa oportunidade, Honda recebeu lançamento na área e rolou para trás, Éber Bessa bateu com perigo.

As maiores emoções vieram no fim do primeiro tempo. Aos 44, Victor Luis cruzou da esquerda e Matheus Babi cabeceou com estilo para marcar! Botafogo 1 x 0 Red Bull Bragantino!

Porém, logo na saída de bola, o Bragantino chegou ao empate com Ítalo, batendo colocado.

Na etapa final, o jogo foi parelho e equilibrado. O Bragantino ameaçou em chute de Raul para fora, o Botafogo respondeu em cabeçada de Bruno Nazário no travessão.

No fim, porém, a arbitragem ficou em evidência. Aos 30, Artur recebeu na área e finalizou cruzado, Victor Luis deslizando tocou com a cabeça na bola e depois com o braço. O juiz demorou, mas acertou ao não dar o pênalti.

O problema é que no lance seguinte errou feio ao marcar pênalti de Kanu, em bola rápida vinda de Marcelo Benevenuto, toque de braço involuntário. Claudinho converteu.

O Botafogo tentou a pressão, Kalou teve uma boa chance e parou em Cleiton. Em outra, recebeu de Honda, driblou o goleiro, que não tocou na bola, e foi atropelado. O juiz, não se sabe como, marcou escanteio. Ficou difícil reagir.

GALERIA DE FOTOS (Thiago Ribeiro)

Botafogo x Red Bull Bragantino - 16/11/2020

BOTAFOGO: Diego Cavalieri, Kevin, Marcelo Benevenuto, Kanu e Victor Luis; José Welison, Caio Alexandre (Pedro Raul) e Honda; Bruno Nazário (Rhuan) e Éber Bessa (Davi Araújo); Matheus Babi (Kalou). Técnico: Emiliano Díaz (auxiliar de Ramón Díaz).

Botafogo de Futebol e Regatas

 


Norsk