Botafogo 0 x 2 Internacional

Fogão tem dois gols anulados pelo VAR e pênalti não marcado e perde jogo

Atualizado em 29-08-2020 às 19:00

O Botafogo teve dois gols anulados após a arbitragem analisar o VAR e um pênalti não marcado. Assim, acabou derrotado por 2 a 0 pelo Internacional, neste sábado, no Estádio Nilton Santos, pelo Campeonato Brasileiro.

O próximo adversário é o Coritiba, quarta-feira, no Estádio Nilton Santos.

O JOGO

A partida teve um início forte do Internacional, que quase marcou com D'Alessandro e abriu o placar logo aos 5 minutos, com Thiago Galhardo aproveitando cruzamento de Moisés.

Aos poucos, o Botafogo melhorou no jogo e passou a ter chances. Aos 13, Barrandeguy cruzou, Rhuan desviou e Matheus Babi mandou por cima. Aos 24, após boa troca de passes, Guilherme Santos invadiu pela esquerda e soltou uma bomba para fora.

Aos 25, porém, o Botafogo reclamou pênalti não marcado. Rodrigo Lindoso agarrou Marcelo Benevenuto na área, mas o juiz mandou seguir.

Para piorar, aos 27 Boschilia fez o segundo go do Internacional.

O Botafogo até descontou aos 42, com Matheus Babi, porém o gol foi anulado por um impedimento milimétrico de Rhuan na origem da jogada.

Na etapa final, a arbitragem decidiu de forma polêmica anular mais um gol do Botafogo. Matheus Babi dividiu jogada na defesa, o lance seguiu, a bola voltou para Babi cruzar e Bruno Nazário mandar para a rede. Entretanto, o juiz errou ao invalidar o gol, após analisar o VAR, que não deveria ter sido acionado.

Já sem tanta força, o Botafogo ameaçou com chutes de Danilo Barcelos e Bruno Nazário para fora. Aos 50, Barcelos cobrou falta e Marcelo Lomba espalmou. Ficou mesmo 2 a 0.

GALERIA DE FOTOS (Vitor Silva / Botafogo)

Botafogo x Internacional - 29/08/2020

BOTAFOGO: Gatito, Barrandeguy, Marcelo Benevenenuto, Kanu e Danilo Barcelos; Rafael Forster (Luiz Otávio), Caio Alexandre (Bruno Nazário), Guilherme Santos e Rhuan (Cícero); Matheus Babi e Pedro Raul (Davi Araújo). Técnico: Paulo Autuori.

Danilo Santos


Norsk Digital